Os caminhos da expansão da educação superior no Brasil e em Portugal: convergências e divergências

Belmiro Gil Cabrito, Alda Maria Duarte Araújo Castro

Resumo


O artigo analisa a expansão da educação superior no Brasil e em Portugal procurando identificar as convergências e as divergências ocorridas em consequência das políticas de adotadas em cada país para aumentar a cobertura por esse nível de ensino. O texto toma como pressuposto que a necessidade de ampliação por educação superior ocorre no contexto das transformações econômicas e sociais das últimas décadas do século XX e princípios do XXI, bem como que tal ampliação trouxe o estabelecimento de novos padrões de competitividade, o uso intensivo das tecnologias da comunicação e da informação – o que provocou a inversão da concepção de Estado que até então era prevalente na organização da sociedade capitalista. Os dados coletados tiveram como referência, no Brasil, as sinopses estatísticas elaboradas pelo INEP, sobre a educação superior e, em Portugal, a Base de Dados Portugal Contemporâneo (PORDATA). Internacionalmente, utilizou-se dados da World Conference of Higher Education (UNESCO). Os resultados evidenciam que a expansão da educação superior ocorreu nos dois países, mas guarda entre si diferenças significativas de cunho econômico, social e político assentadas em condições históricas, as quais foram determinadas pela posição que os países ocupam dentro do capitalismo global.

 

 


Palavras-chave


Educação superior; Expansão do Ensino superior; Políticas educacionais

Texto completo:

PDF

Referências


ALMEIDA, L; MARINHO-ARAÚJO, C; DIAS, D. Democratização do acesso e do sucesso no ensino superior: uma reflexão a partir das realidades de Portugal e do Brasil. Avaliação da educação superior. Campinas, 2012. vol. 17, n. 3, p. 899-920.

ALTHUSSER, L. Ideologia e aparelhos ideológicos de Estado. 3. ed. Lisboa: Editorial Presença/Martins Fontes, 1980.

BECKER, G. Human Capital - A Theoretical and Empirical Analysis, with Special Reference to Education. New York: Columbia University Press, 1964.

BRASIL, MEC. InepData - Consulta de Informações Educacionais. Número de matrículas em cursos de graduação por organização acadêmica e administrativa. Disponível em: http://inepdata.inep.gov.br/analytics/saw.dll?PortalGo. Acesso em: 08 jun. 2017.

BRASIL. Presidência da República. Lei nº 12.513, de 26 de outubro de 2011. Dispõe sobre o Fundo de Financiamento ao Estudante do Ensino Superior. Disponível em: ww2.camara.leg.br/legin/fed/lei/2011/lei-12513-26-outubro-2011-611700-norma-pl.html. Acesso em: 23 ago. 2017.

BRASIL. Presidência da República. Decreto nº 5.800, de 8 junho de 2006. Dispõe sobre o Sistema Universidade Aberta do Brasil. Disponível em: http://www.planalto.gov.br/ccivil_03/_ato2004-2006/2006/decreto/d5800.htm. Acesso em: 26 jul. 2017.

BRASIL. Presidência da República. Presidência da República. Casa Civil. Lei Nº 11.096, de 13 de janeiro de 2005. Institui o Programa Universidade para Todos - PROUNI, regula a atuação de entidades beneficentes de assistência social no ensino superior; altera a Lei nº 10.891, de 9 de julho de 2004, e dá outras providências. Disponível em: http://www.planalto.gov.br/ccivil_03/_ato2004-2006/2005/lei/l11096.htm. Acesso em: 26 jul. 2017.

BRASIL. Presidência da República. Casa Civil. Decreto n° 6.069, de 24 de abril de 2007. Institui o Programa de Apoio a Planos de Reestruturação e Expansão das Universidades Federais - REUNI. Disponível em: http://www.planalto.gov.br/ccivil_03/_ato2007-2010/2007/decreto/d6096.htm. Acesso em: 25 maio 2017.

BRASIL. Presidência da República. Casa Civil. Lei n° 11.079, de 30 de dezembro de 2004. Institui normas gerais para licitação e contratação de parceria público-privada no âmbito da administração pública. Disponível em: http://www.planalto.gov.br/ccivil_03/_ato2004-2006/2004/lei/l11079.htm. Acesso em: 25 maio 2017.

BRASIL. Presidência da República. Casa Civil. Subchefia para Assuntos Jurídicos. Lei n° 10.260, de 12 de julho de 2001. Dispõe sobre o Fundo de Financiamento ao estudante do Ensino Superior e dá outras providências. Disponível em: http://www.planalto.gov.br/ccivil_03/Leis/LEIS_2001/L10260.htm. Acesso em: 25 maio 2017.

BRASIL. Presidência da República. Casa Civil. Lei n° 9.394 de 20 de dezembro de 1996. Estabelece as diretrizes e bases da educação nacional. Disponível em: http://www.planalto.gov.br/ccivil_03/Leis/l9394.htm. Acesso em: 25 maio 2017.

CABRAL NETO, Antonio; CASTRO, Alda Maria Duarte Araújo. Educação Superior no Brasil: os contraditórios caminhos da expansao pós-LDB. 2014. In: I. Brezezinski (Org.) LDB/1996 Contemporanea: contradições, tensoes e compromissos. São Paulo: Cortez, p. 256-285.

CABRITO, Belmiro Gil. Financiamento do Ensino Superior: Condição Social e Despesas de Educação dos Estudantes Universitários em Portugal. Lisboa: EDUCA, 2002.

CARNOY, M. El ajuste estructural y la evolución del mundo de la enseñanza. Revista Internacional del Trabajo. 1995. vol. 114, nº 6.

CASTELS, Manuel. A sociedade em rede: a era da informação: economia, sociedade e Cultura. Paz e Terra. 1999, vol 1, p. 87-164.

CERDEIRA, L.; CABRITO, B.; PATROCÍNIO, T.; MACHADO, M. L.; BRITES, R. Custos de Educação dos Estudantes do Ensino Superior Português. Lisboa: EDUCA, 2017 (no prelo).

CHAGAS LOPES, M. Educação, desenvolvimento e conhecimento: novas roupagens da troca desigual sob a globalização. O caso da África Subsahariana. In: Grandes Lições, 2013, vol. 2. Lisboa: Fundação Calouste Gulbenkian/Edições tinta-da-china.

INEP. Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira. Sinopse Estatística da Educação Superior. (2003 a 2015). Disponível em: http://inep.gov.br/sinopses-estatisticas-da-educacao-superior. Acesso em: 19 jun. 2017.

MANCEBO, D. Reforma universitária: reflexões sobre a privatização e a mercantilização do conhecimento. In: Educação e Sociedade. 2004, vol. 25, n. 88, p. 845-866.

PORDATA – Base de Dados Portugal Contemporâneo. Disponível em: https://www.pordata.pt/Portugal. Acesso em: 26 out. 2017.

PORTUGAL. Legislação. Lei n° 62/2007. Dispõe sobre o Regime Jurídico das Instituições de Ensino Superior. Disponível em: http://data.dre.pt. Acesso em: 25 maio 2017.

SCHULTZ, Theodore W. Investment in Human Capital. In: American Economic Review. (1961). n. 51, p. 1-16.

SILVA JUNIÓR, J. R; CATANI, A. A Educação superior pública brasileira nas duas ultimas décadas: expansão e mercantilização internacionalizada. 2013. In: Vieira de Sousa (Org.). Educação superior: cenários, impasses e perspectivas. Campinas: Autores Associados.

TROW, Martin. Problems in the transition from elite to mass higher education. 1973. Carnegie Commission on Higher Education.

UNESCO (2009). World Conference on Higher Education: The New Dynamics of Higher Education and Research for Societal Change and Development. Paris, 5-8 July 2009.

UNESCO, Institute of Statistics. Disponível em: http://uis.unesco.org/. Acesso em: 25 maio 2017.




DOI: https://doi.org/10.5585/eccos.n56.11156

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Direitos autorais 2021 EccoS – Revista Científica

Licença Creative Commons
Esta obra está licenciada sob uma licença Creative Commons Atribuição - Não comercial - Compartilhar igual 4.0 Internacional.

EccoS – Revista Científica

e-ISSN: 1983-9278
ISSN: 1517-1949
www.revistaeccos.org.br

EccoS – Revista Científica ©2021 Todos os direitos reservados.

Esta obra está licenciada com uma Licença 
Creative Commons Atribuição-NãoComercial-CompartilhaIgual 4.0 Internacional