A formação centrada na escola: mediação para a organização do trabalho pedagógico

Ademar de Lima Carvalho, Izelda Goreth dos Santos Mangialardo

Resumo


Este artigo apresenta uma reflexão teórica sobre a formação centrada na escola como instrumento para a organização do trabalho pedagógico. Ancora-se em alguns teóricos que contribuíram para elucidar a questão, dentre eles, destacamos: Freire (1991; 1997; 2001; 2011; 2015), Carvalho (2005; 2006; 2010), Veiga (1995), Ferreira (2008), Domingues (2014), Imbernón (2009). O estudo fundamenta-se na perspectiva de uma formação onde há interação, diálogo, reflexão, participação e avaliação entre os atores envolvidos no âmbito escolar para que possam ser criadas alternativas para melhoria da prática educativa. O ato da reflexão da prática impulsiona o professor à busca investigativa como possibilidade de transformação e inovação da prática pedagógica. A formação centrada na escola toma como ponto de partida as situações problemáticas que desafiam a prática do professor no processo em que se organiza o trabalho pedagógico e o levam a assumir-se como sujeito da ação comprometido com sua transformação.

 

 

 


Palavras-chave


Educação; Formação centrada na escola; Professor; Trabalho pedagógico

Texto completo:

PDF

Referências


CARVALHO, Ademar de Lima. Os caminhos perversos da educação: a luta pela apropriação do conhecimento cotidiano da sala de aula. Cuiabá, MT: EdUfmt, 2005.

CARVALHO, Ademar de Lima. A formação centrada na escola: a ponte edificadora do Projeto Político Pedagógico. In: MONTEIRO, Filomena Maria de Arruda; MÜLLER, Maria Lúcia Rodrigues (org.). Profissionais da educação: políticas, formação e pesquisa. ANPED, Centro-Oeste. Cuiabá: EdUfmt, 2006. p. 179-191.

CARVALHO, Ademar de Lima. A qualidade na educação: uma exigência possível. Campo Grande, MS, Série-Estudos, n. 29, jan./jun. 2010. p. 19-28.

BRANDÃO, Carlos Rodrigues. Prefácio: novas ideias sobre antigos sonhos. In: FREITAS, Ana Lúcia Souza de. Leituras de Paulo Freire: uma trilogia de referência. Passo Fundo, RS: Méritos, 2014, p. 13-22.

DOMINGUES, Isaneide. O coordenador pedagógico e a formação contínua do docente na escola. São Paulo: Cortez, 2014.

DUARTE, Newton. Arte, conhecimento e paixão na formação humana: sete ensaios de pedagogia histórico-crítica. Campinas, SP: Autores Associados, 2010.

FERREIRA, Naura Syria Carapeto. Gestão educacional e organização do trabalho pedagógico. Curitiba, PR: IESDE Brasil S.A., 2008.

FRANCO, Maria Amélia do Rosário Santoro. Pedagogia como Ciência da educação. 2. ed. rev. ampl. São Paulo: Cortez, 2008.

FREIRE, Paulo. A educação na cidade. São Paulo: Cortez, 1991.

FREIRE, Paulo. Professora sim, tia não: cartas a quem ousa ensinar. São Paulo: Editora Olho d’Água, 1997.

FREIRE, Paulo. Política e educação: ensaios. 5. ed. São Paulo: Cortez, 2001.

FREIRE, Paulo. Medo e ousadia: o cotidiano do professor. 13. ed. São Paulo: Paz e Terra, 2011.

FREIRE, Paulo. Pedagogia da autonomia: saberes necessários à prática educativa. 50. ed. Rio de Janeiro: Paz e Terra, 2015.

FREITAS, Ana Lúcia Souza de. Pedagogia da conscientização: um legado de Paulo Freire à formação de professores. 3. ed. Porto Alegre, RS: EdiPUCRS, 2004.

GADOTTI, Moacir. Uma escola, muitas culturas. In: GADOTTI, Moacir; RAMÃO, José E. (org.) Autonomia da escola: princípios e propostas. 3. ed. São Paulo: Cortez, 2000, p.117-131.

GADOTTI, Moacir. A escola e o professor: Paulo Freire e a paixão de ensinar. São Paulo: Publisher Brasil, 2007.

GALLERT, Adriana Ziemer. Assumir os desafios da docência: o professor enquanto sujeito da sua ação. In: TACCA, Maria Carmen V. R. (org.). Ação formativa docente e práticas pedagógicas na escola. Campinas, SP: Editora Alínea, 2016, p. 41-57.

IMBERNÓN, Francisco. Formação permanente do professorado: novas tendências, São Paulo: Cortez, 2009.

LIMA, Márcia Regina Canhoto de. Paulo Freire e a administração escolar: a busca de um sentido. Brasília: Liber Livro Editora, 2007.

LÜCK, Heloísa. Dimensões de gestão escolar e suas competências. Curitiba, PR: Editora Positivo, 2009.

PARO, Vitor Henrique. Crítica da estrutura da escola. São Paulo: Cortez, 2011.

PIMENTA, Selma Garrido. Professor reflexivo: construindo uma crítica. In: PIMENTA, Selma Garrido; GHEDIN, Roberto. (org.). Professor reflexivo no Brasil: gênese e crítica de um conceito. São Paulo: Cortez, 2002.

VEIGA, Ilma Passos Alencastro. Projeto Político-Pedagógico da escola: uma construção possível. Campinas, SP: Papirus, 1995.

VEIGA, Ilma Passos Alencastro. As dimensões do Projeto Político Pedagógico: novos desafios para a escola. 9. ed. Campinas, SP: Papirus, 2012.




DOI: https://doi.org/10.5585/eccos.n55.8389

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Direitos autorais 2020 EccoS – Revista Científica

Licença Creative Commons
Esta obra está licenciada sob uma licença Creative Commons Atribuição - Não comercial - Compartilhar igual 4.0 Internacional.

EccoS – Revista Científica

e-ISSN: 1983-9278
ISSN: 1517-1949
www.revistaeccos.org.br

EccoS – Revista Científica ©2020 Todos os direitos reservados.