Conflito no ambiente escolar e o cuidado de si em Michel Foucault

Samuel Mendonça, Kelly Cristina Leandro

Resumo


O conceito de cuidado de si de Michel Foucault, extraído do livro A Hermenêutica do Sujeito, caracteriza-se como caminho necessário para a construção da existência humana, ao demonstrar a necessidade de voltar-se a si mesmo. Desse modo, a realidade de conflitos existente na escola expressa-se como potência para a transformação das pessoas. Em vista disso, o presente artigo tem como pergunta: o conceito de cuidado de si de Michel Foucault pode auxiliar na resolução de conflitos em sala de aula? A metodologia utilizada reside em pesquisa bibliográfica, que se configurou em revisão de literatura e exame minucioso do livro do pensador francês. De forma sistemática, obteve-se como resultados: (i) a possibilidade de auxílio do conceito de cuidado de si como busca de retorno a si; (ii) o uso do cuidado de si como elemento de transformação da subjetividade na conquista individual; e (iii) a construção de abertura de postura para que se possa lidar com conflitos.

 

 


Palavras-chave


cuidado de si; conflito; escola; Michel Foucault.

Texto completo:

PDF

Referências


AQUINO, Julio Groppa. O pensamento como desordem: repercussões do legado foucaultiano. Pro-Posições, 2014, maio/ago, v. 25, n. 2 (74), p. 83-101.

BERTEN, André. Michel Foucault: Da disciplina à autodisciplina. In Modernidade e Desencantamento. Saraiva. São Paulo, 2011.

CANDIOTTO, Cesar. Governo e direção de consciência em Foucault. Natureza Humana, 2008, dez, vol.10, no.2, p. 89-113.

CANDIOTTO, Cesar. Verdade e diferença no pensamento de Michel Foucault. Kriterion, Belo Horizonte, 2007, nº 115, Jun, p. 203-217.

CAPONI, Sandra. Michel Foucault e a persistência do poder psiquiátrico. Ciênc. Saúde Coletiva, Rio de Janeiro, 2009, Fev, v. 14, n. 1, p. 95-103.

CASTRO, Roney Polato de. Pensando sobre formação docente, subjetividade e experiência de si a partir da escrita de estudantes de Pedagogia. Pro-Posições, 2006, jan./abr, v. 27, n.1 (79), p. 37-55.

CHECCHIA, Marcelo A. A clínica psicanalítica é um dispositivo? A peste, São Paulo, 2010, jan/jun, v.2, n.1, p. 89-100.

CHRISPINO, Álvaro. Gestão do conflito escolar: da classificação dos conflitos aos modelos de mediação. Ensaio: aval. pol. públ. Educ., Rio de Janeiro, 2007, jan/mar., v.15, n.54, p. 11-28.

CIRINO, Oscar. O desejo, os corpos e os prazeres em Michel Foucault. Mental, Barbacena, 2007, Jun, v. 5, n. 8, p. 77-89.

FOUCAULT, Michel. A Hermenêutica do Sujeito. 2. ed. São Paulo: Martins Fontes, 2011.

FOUCAULT, Michel. Arqueologia do saber. Rio de Janeiro: Forense Universitária, 2009.

FOUCAULT, Michel. História da Sexualidade 3. O cuidado de si. Trad. Maria Thereza da Costa Albuquerque. Rio de Janeiro: Graal, 1995.

FURTADO, Rafael Nogueira. A atualidade como questão: ontologia do presente em Michel Foucault. Natureza Humana, 2015, vol.17, no.1, p. 144-156.

FREITAS, Alexandre Simão de (2014). O cuidado de si e os perigos de uma ontologia ainda sem cabimento: o legado ético-espiritual de Foucault. Pro-posições, 2014, maio/ago, v. 25, n. 2 (74), p. 121-138.

GALVÃO, Bruno Abílio. A ética em Michel Foucault: do cuidado de si à estética da existência. Intuitio. Porto Alegre, 2014, vol. 7, no. 1, p. 157-168.

MARCELLO, Fabiana de Amorim; FISCHER, Rosa Maria Bueno. Cuidar de si, dizer a verdade: arte, pensamento e ética do sujeito. Pro-Posições, Campinas, 2014, Ago, v. 25, n. 2, p. 157-175.

PAGNI, Pedro. Diferença, subjetivação e educação: um olhar outro sobre inclusão escolar. Pro-posições, 2015, jan/abr., v. 26, n. 1 (76), p. 87-103.

PAIVA, Maria Olímpia Almeida de; LOURENÇO, Abílio Afonso. Estudo empírico sobre a eficácia negocial de conflitos em ambiente escolar. Ciênc. cogn., Rio de Janeiro, 2011, dez, v. 16, n. 3, p. 151-166.

SCHWERTNER, S; ROVEDA, A; LOPES, M. Estratégias curriculares em espaços escolares. Pro-posições, 2016, Jan-abr., v. 27, n. 1 (79), p. 197-200.

SILVA, Eduardo P. (2011). Ética, loucura e normalização: diálogo entre a psicanálise e Michel Foucault. Psicologia Ciência e Profissão. Brasília, 2011, Dez, v.21, n. 4, p. 16-25.

SILVA, Nyrluce Marília Alves da; FREITAS, Alexandre Simão de. A ética do cuidado de si no campo pedagógico brasileiro: modos de uso, ressonâncias e desafios. Pro-Posições, 2015, Jan-abr., v. 26, n. 1 (76), p. 217-233.




DOI: https://doi.org/10.5585/eccos.n57.11349

Citação de dados

Não se aplica.

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Direitos autorais 2021 EccoS – Revista Científica

Licença Creative Commons
Esta obra está licenciada sob uma licença Creative Commons Atribuição - Não comercial - Compartilhar igual 4.0 Internacional.

EccoS – Revista Científica

e-ISSN: 1983-9278
ISSN: 1517-1949
www.revistaeccos.org.br

EccoS – Revista Científica ©2021 Todos os direitos reservados.

Esta obra está licenciada com uma Licença 
Creative Commons Atribuição-NãoComercial-CompartilhaIgual 4.0 Internacional