100 Anos de Edgar Morin

Antônio Joaquim Severino, Cleide Rita Silvério de Almeida, Elaine Teresinha Dal Mas Dias

Resumo


Unindo-se às múltiplas iniciativas de comemoração dos 100 anos de vida de Edgar Morin, no próximo dia 8 de julho, e às homenagens que vêm ocorrendo no mundo inteiro, a revista Eccos preparou um dossiê, visando a saudar este grande pensador e abrir espaço para ensaios e estudos sobre o pensamento e a vida desse eminente filósofo. Buscou-se, assim, não só compartilhar essa homenagem universal, mas também contribuir para a maior divulgação de sua obra, sobretudo entre as gerações mais jovens. Mais do que o resgate de suas teses, os trabalhos que compõem o dossiê explicitam a fecundidade das categorias do pensamento complexo para a compreensão mais crítica dos grandes problemas que a humanidade vem enfrentando na atualidade. Reflexões que evidenciam o poder do conhecimento para a construção da unidade da espécie, sem prejuízo do respeito à diversidade das pessoas, a partir de uma leitura da complexidade sob o prisma da religação dos saberes e da superação da barbárie.

Maria Lucia Rodrigues expressa, em seu texto, as ressonâncias criadas pelo pensamento complexo de Edgar Morin em nosso tempo. A partir de depoimentos de outros pesquisadores, ela revela a figura de um ser humano que está em sintonia com as principais questões que nos ocupam e preocupam.

Maria Cândida Moraes e Izabel Petraglia desenvolvem uma ampla reflexão a partir do conceito de Terra-Pátria, extraído de uma das obras de Edgar Morin, que leva o mesmo nome. Elas propõem uma mudança de pensamento – do linear ao complexo – que possa promover uma reintegração das culturas científicas e humanistas. Neste exercício, somos chamados a construir uma nova cidadania planetária.

Alfredo Pena-Vega nos instiga, em seu escrito, a pensar sobre a incerteza, principalmente em relação ao futuro da humanidade. Ele indica que existe uma crise global, que se expressa numa crise ecológica. Nesse cenário, torna-se urgente encontrar e adotar novos métodos que possibilitem o enfrentamento dessa situação. 

Laerte Sznelwar, Uiara Montedo e Tiago Sigahi demonstram as múltiplas possibilidades de reflexão do pensamento complexo, desta vez, aplicadas no campo das engenharias. Desafiando alguns paradigmas que reduzem o campo de visão das ciências da natureza a respeito do ser humano, os autores reconhecem a necessidade de se olhar a dialógica que permite debater questões relacionadas à vida e à importância do sujeito na sociedade.

Esperamos que este dossiê possa ser um ponto de partida para novos pesquisadores do pensamento complexo de Edgar Morin e que seja também um aprofundamento de ideias para aqueles que já conhecem seu trabalho e sua obra.

 

 


Texto completo:

PDF


DOI: https://doi.org/10.5585/eccos.n57.20284

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Direitos autorais 2021 EccoS – Revista Científica

Licença Creative Commons
Esta obra está licenciada sob uma licença Creative Commons Atribuição - Não comercial - Compartilhar igual 4.0 Internacional.

EccoS – Revista Científica

e-ISSN: 1983-9278
ISSN: 1517-1949
www.revistaeccos.org.br

EccoS – Revista Científica ©2021 Todos os direitos reservados.

Esta obra está licenciada com uma Licença 
Creative Commons Atribuição-NãoComercial-CompartilhaIgual 4.0 Internacional