Cidades educadoras e políticas para imigrantes: o caso do município de São Paulo – SP

Lucia Maria Machado Bógus, Luís Felipe Aires Magahães

Resumo


Este artigo discute a importância de políticas públicas voltadas à inclusão de grupos sociais vulneráveis, focalizando os grupos de imigrantes internacionais e de refugiados na cidade de São Paulo, sede da maior região metropolitana brasileira e pioneira na formulação e implementação de políticas de acolhimento. Ali, tanto a Prefeitura como as redes institucionais religiosas ou laicas têm exercido um importante papel na inclusão desses grupos, que fogem de guerras e perseguições religiosas, respeitando sua diversidade e suas especificidades. No momento em que as guerras e perseguições político-religiosas, assumem dimensões inimagináveis para a realidade contemporânea, este estudo adquire especial importância, subsidiando reflexões e alertando para a urgência de políticas públicas transformadoras e inclusivas. Para subsidiar a análise parte-se do conceito de Cidade Educadora, tendo em vista demonstrar que as práticas de inclusão social propostas pelas políticas públicas, devem ter uma abrangência para além de grupos e instituições e perpassar as relações sociais urbanas em todas as suas dimensões, com a participação efetiva do estado e das instituições públicas municipais. O conceito de Cidade Educadora foi elaborado a partir de teorias que ampliam a prática educativa para além dos muros da escola e da família, configurando uma cidade cujo papel é educar os cidadãos por meio da participação em decisões coletivas, buscando a construção de consensos em relação aos direitos de cidadania e ao acesso aos benefícios da vida urbana. A superação das desigualdades, das formas perversas da segregação espacial, do preconceito e da xenofobia, estão na raiz dessa proposta de cidade.


Palavras-chave


cidades educadoras; migração internacional; políticas migratórias; São Paulo.

Texto completo:

PDF

Referências


ASSIS, Gláucia de Oliveira. “Nova Lei de Migração no Brasil: Avanços e Desafios”. In: BAENINGER, Rosana et al (orgs.) Migrações Sul-Sul. Campinas, SP, Nepo/Unicamp. 2018.

AZENHA, Manuela. 'Morro de medo': imigrantes sem documentação regular ficam sem vacina em SP. In: UOL TAB, 04/03/2022. Disponível em: https://tab.uol.com.br/noticias/redacao/2022/03/04/morro-de-medo-imigrantes-sem-documentacao-regular-ficam-sem-vacina-em-sp.htm

BASSO, R. (2013). “Imigração, racismo e antirracismo na Europa hoje”. In: TAVARES, M. A.; GOMES, C. (orgs.). Intermitências da crise e questão social: uma interpretação marxista João Pessoa, Editora UFPB.

BAENINGER, Rosana. Fases e faces da migração em São Paulo. Campinas: Núcleo de Estudos de População ‘Elza Berquó’ - Nepo/Unicamp, 2012.

BAENINGER, Rosana et al (orgs.) Migrações Sul-Sul. Campinas, SP, Nepo/Unicamp. 2018.

BASSANEZI, Maria S. C. B., SCOTT, Ana Silva V., BACELLAR, C. A. P., TRUZZI, Oswaldo M. S. Atlas da imigração internacional em São Paulo: 1850-1950. São Paulo: Editora Unesp, 2008.

BASSO, P. Racismo de Estado e antirracismo de classe. In: Margem Esquerda, v. 24, p. 57-71. 2015.

BÓGUS, Lucia; MAGALHÃES, Luís Felipe Aires. Desigualdades socioespaciais e pandemia: impactos metropolitanos da Covid-19. In: PASSOS, João Décio. A Pandemia do Coronavírus: Onde estivemos? Para onde vamos? São Paulo: Editora Paulinas, 2020.

BRANDÃO, C. R. e STRECK, D.R. Pesquisa Participante – o Saber da Partilha. 1 edição, São Paulo, Ideias e Letras, 2006.

CABEZUDO, Alicia. Cidade Educadora, uma proposta para os governos locais. In: Gadotti et al (org.). Cidade educadora, Princípios e Experiências. São Paulo. Ed. Cortez, 2004.

CANO, Wilson. Desconcentração produtiva regional do Brasil: 1970-2005. São Paulo: Unesp, 2008.

CASTELLS, Manuel. VII Congresso Internacional de Cidades Educadoras, Tampere, Finlândia, 16-19 junho, 2002.

CMP - História Rede Territorial Portuguesa das Cidades Educadoras. Lisboa: Cidade Educadora (documento de trabalho). 2009 a.p7.

FERNANDES, Duval Magalhães; BAENINGER, Rosana. Impactos da Pandemia de Covid-19 nas Migrações Internacionais no Brasil - Resultados de Pesquisa. Campinas - SP: Núcleo de Estudos de População ‘Elza Berquó’ - NEPO, Unicamp. 2020. Disponível em: https://www.nepo.unicamp.br/publicacoes/livros/impactos_pandemia/COVID%20NAS%20MIGRA%C3%87%C3%95ES%20INTERNACIONAIS.pdf

FREIRE, Paulo. A Pedagogia do Oprimido. Rio de Janeiro: Paz e terra, 1978.

FREIRE, Paulo. A Educação na Cidade. São Paulo: Cortez Editora, 1991.

FREIRE, Paulo. Educação e Mudança. 21ª ed. Rio de Janeiro: Paz e Terra, 1997.

GADOTTI, Moacir. Pensamento Pedagógico Brasileiro. São Paulo: Ed. Ática, 1998.

GADOTTI, Moacir. A Escola na Cidade que Educa. Cadernos Cenpec- Educação e Cidade, São Paulo, nº1 p.133-141. 1º semestre de 2006.

MAGALHÃES, Luís Felipe Aires. A imigração haitiana em Santa Catarina: perfil sociodemográfico do fluxo, contradições da inserção laboral e dependência de remessas no Haiti. Tese (doutorado) - Campinas, SP: Universidade Estadual de Campinas, Instituto de Filosofia e Ciências Humanas, 2017.

MAGALHÃES, Luís Felipe Aires.; BÓGUS, Lucia Maria Machado; BAENINGER, Rosana. Migrantes haitianos e bolivianos na cidade de São Paulo: transformações econômicas e territorialidades migrantes. In: REMHU, Rev. Interdiscip. Mobil. Hum., Brasília, v. 26, n. 52, p. 75-94. abril 2018. https://doi.org/10.1590/1980-85852503880005205

MAGALHÃES, Luís Felipe Aires.; BÓGUS, Lucia Maria Machado; BAENINGER, Rosana. Migrantes e refugiados Sul-Sul na cidade de São Paulo: trabalho e espacialidades. In: BAENINGER, Rosana et al (orgs.) Migrações Sul-Sul. Campinas, SP, Nepo/Unicamp. 2018b.

MORIGGI, Valter. Cidades Educativas: Possibilidades de novas políticas públicas para reinventar a democracia. Tese de Doutorado, UFRGS, Programa de Pós-Graduação em Educação. 2014.

Organização Internacional do Trabalho (OIT). Inserção Laboral de Imigrantes Internacionais: Transitando entre a economia formal e informal no município de São Paulo. Brasil, 2017.

PASTERNAK, Suzana; BÓGUS, Lucia. A Cidade dos Anéis. Caderno LAP 28. FAU-USP, 1998.

Prefeitura Municipal de São Paulo. Secretaria Municipal de Direitos Humanos e Cidadania (SMDHC). Disponível em: https://www.prefeitura.sp.gov.br/cidade/secretarias/direitos_humanos/

RAMOS, André de Carvalho; VEDOVATO, Luís Renato; BAENINGER, Rosana (Coords). Nova Lei de Migração: Os três primeiros anos. Campinas - SP: Núcleo de Estudos de População ‘Elza Berquó’ - NEPO, Unicamp, Observatório das Migrações em São Paulo / FADISP, 2020.

SANTOS, Boaventura de Souza. Dilemas do Nosso Tempo: Globalização, Multiculturalismo e Conhecimento. Porto Alegre, UFRGS, Revista Educação e Realidade. Vol. 26, nº 1, 2001.

SANTOS, Boaventura de Souza. Democratizar a Democracia: os caminhos da democracia participativa. Rio de Janeiro: Civilização Brasileira, 2003.

SANTOS, Boaventura de Souza. Renovar a Teoria Crítica e Reinventar a Emancipação Social. São Paulo, Boitempo, 2007.

SILVA, Camila Rodrigues da. Migração de Venezuelanos para São Paulo: Reflexões iniciais a partir de uma análise qualitativa. In: BAENINGER, Rosana et al (orgs.) Migrações Sul-Sul. Campinas, SP, Nepo/Unicamp. 2018.

SILVA, Camila Rodrigues da et al (Orgs). Emergência Epidemiológica e Mobilidade Humana: Atualização Pedagógica. Centro Paula Souza, 2020. Disponível em: https://www.nepo.unicamp.br/observatorio/cps/apostilas/ApostilaEmergenciasEpidemiologicaseMobilidadeHumana.pdf

SILVA, Carla Craice; MAGALHÃES, Luís Felipe Aires. Imigrantes, direitos e a pandemia da Covid-19. In: Revista HAOS, Horizontes ao Sul, Dossiê Especial: As Humanidades e os Efeitos da Covid-19. Disponível em: https://www.horizontesaosul.com/single-post/2020/09/10/haos-convida-unilab-dossie-especial-as-humanidades-e-os-efeitos-da-covid-19

SILVA Sidney Antonio da. Faces da Latinidade: Hispano-americanos em São Paulo. In: Textos Nepo, n. 55, Fevereiro de 2008.

SINCRE / SISMigra. Sistema Nacional de Cadastro e Registro de Estrangeiros / Sistema de Registro Nacional Migratório. In: Banco Interativo do Observatório da Migrações em São Paulo. Disponível em: https://www.nepo.unicamp.br/observatorio/bancointerativo/numeros-imigracao-internacional/sincre-sismigra/

SINGER, Paul. Economia Política da Urbanização. 3ª ed. São Paulo - SP: Ed. Contexto. 1998.

TRUZZI, O. M. S. Redes em processos migratórios. In: Revista Tempo Social, v. 20, pp. 199-218. 2008.




DOI: https://doi.org/10.5585/eccos.n61.22154

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Direitos autorais 2022 EccoS – Revista Científica

Licença Creative Commons
Esta obra está licenciada sob uma licença Creative Commons Atribuição - Não comercial - Compartilhar igual 4.0 Internacional.

EccoS – Revista Científica

e-ISSN: 1983-9278
ISSN: 1517-1949
www.revistaeccos.org.br

EccoS – Revista Científica ©2022 Todos os direitos reservados.

Esta obra está licenciada com uma Licença 
Creative Commons Atribuição-NãoComercial-CompartilhaIgual 4.0 Internacional