O papel da escola na promoção da saúde – uma mediação necessária

Dartel Ferrari de Lima, Vilmar Malacarne, Dulce Maria Strieder

Resumo


O presente texto busca apresentar alguns elementos para reflexão acerca do papel da escola na promoção da saúde. Partindo do pressuposto de que uma formação docente que considera a saúde como um dos temas relevantes de estudo, permite, além da melhoria das condições de saúde da comunidade escolar de forma geral, um melhor processo de ensino e de aprendizagem, é questionado o próprio processo de formação de professores para a perspectiva abordada. A busca pela ampliação das condições de qualidade de vida da sociedade contemporânea compreende o papel da educação como determinante para tal intento e, assim, as posturas coerentes e fundamentadas dos professores, na busca por um processo educacional em sua totalidade, são um caminho a ser estruturado. Neste sentido, o artigo encaminha sugestões para redimensionamentos relevantes para as ações no ensino, fundamentados em aspectos associados a elementos de grande importância.

Palavras-chave


Educação. Formação de Professores. Saúde.

Texto completo:

PDF


DOI: https://doi.org/10.5585/eccos.n28.3521

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Direitos autorais



EccoS – Revista Científica

e-ISSN: 1983-9278
ISSN: 1517-1949
www.revistaeccos.org.br

EccoS – Revista Científica ©2022 Todos os direitos reservados.

Esta obra está licenciada com uma Licença 
Creative Commons Atribuição-NãoComercial-CompartilhaIgual 4.0 Internacional