Educação Integral, formação de educadores e universidade: desafios e possibilidades

Orlandil Lima Moreira, Alexandre Magno Tavares Silva, Maria Margareth Lima

Resumo


O debate em torno da Educação Pública brasileira vem, nos últimos anos incluindo novos personagens, cenários, inquietações, como também aspectos teórico-metodológicos. Trata-se da Educação Integral, ora em processo de implantação através do Programa Mais Educação. O presente artigo integra o debate sobre a formação de educadores que se desenvolvido pela Universidade Federal da Paraíba, através do Núcleo de Cidadania e Direitos Humanos. Têm como fonte principal os cursos, seminários, pesquisas e discussões junto aos/as professores/as e o Comitê metropolitano de educação integral que envolve as cidades de João Pessoa, Bayeux, Santa Rita e Cabedelo. O artigo tem como objetivo desenvolver uma reflexão sobre as práticas de educação integral que vem sendo desenvolvidas nas escolas públicas, tendo como foco de análise as experiências de formação de educadores/as impulsionadas pelas universidades junto ao Programa Mais Educação, os impasses e desafios dessa política indutora da educação integral desenvolvida nas escolas da região metropolitana de João Pessoa/PB.

Palavras-chave


- Educação Integral, Escola Pública, Formação de educadores

Texto completo:

PDF


DOI: https://doi.org/10.5585/eccos.n38.3673

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Direitos autorais



EccoS – Revista Científica

e-ISSN: 1983-9278
ISSN: 1517-1949
www.revistaeccos.org.br

EccoS – Revista Científica ©2022 Todos os direitos reservados.

Esta obra está licenciada com uma Licença 
Creative Commons Atribuição-NãoComercial-CompartilhaIgual 4.0 Internacional