Doa quem está envolvido: um estudo sobre a doação em lives com o uso de QR Code em um contexto de pandemia de COVID-19

Thiago Chiorino Costa, Samara de Carvalho Pedro, Daniela Menezes Garzaro, Marcelo Carvalho, Leonardo Vils

Resumo


Objetivo do estudo: Sabendo da importância do ato da doação durante o período da pandemia e, tendo as lives como um fenômeno crescente, buscamos entender quais fatores influenciam os indivíduos a fazerem doações durante essas apresentações. Assim, visamos verificar como o envolvimento com as lives, a atitude em ajudar os outros e o uso de uma nova tecnologia, o QR Code, afetam esse novo processo de doação.

Metodologia: Coletamos os dados de 291 indivíduos, sendo que o instrumento de coleta foi elaborado com escalas validadas. Para a análise do modelo, foi utilizada a técnica de Modelagem de Equações Estruturais, Partial Least Squares (PLS).

Principais resultados: A análise do modelo estrutural confirmou que a atitude em ajudar os outros medeia a relação entre o envolvimento com as lives e a intenção de doar. No entanto, a atitude em relação a usar o QR Code não apresentou relação significante com a intenção de doar.

Contribuições teóricas: Nosso estudo contribui com as teorias relacionadas a comportamento do consumidor, em situações relacionadas a engajamento em ações de captação de recursos para caridade.

Relevância/originalidade: A originalidade do nosso estudo se mostra na investigação da intenção comportamental de doação para caridade em um contexto totalmente atípico (pandemia de COVID-19), por meio de ferramentas e cenários novos (utilização de QR Code em lives).

Implicações para a gestão ou sociais: No estudo, discutimos sobre o impacto da tecnologia para a viabilização das doações e como os organizadores de eventos podem contribuir com as instituições de caridade, por meio das lives.


Palavras-chave


Intenção de doar; Envolvimento; QR Code; Lives; COVID-19

Texto completo:

PDF (English)

Referências


Gorczyca, M., & Hartman, R. L. (2017). The new face of philanthropy: The role of intrinsic motivation in millennials’ attitudes and intent to donate to charitable organizations. Journal of Nonprofit & Public Sector Marketing, 29(4), 415-433.

Hossain, M. S., Zhou, X., & Rahman, M. F. (2018). Examining the impact of QR codes on purchase intention and customer satisfaction on the basis of perceived flow. International Journal of Engineering Business Management, 10, 1847979018812323.

Ranganathan, S. K., & Henley, W. H. (2008). Determinants of charitable donation intentions: a structural equation model. International journal of nonprofit and voluntary sector marketing, 13(1), 1-11.

Ringle, C. M., Silva, D. da, & Bido, D. (2014). Modelagem de Equações Estruturais com Utilização do SMARTPLS. Revista Brasileira de Marketing, 13(2), 56–73.

Ryu, J. S., & Murdock, K. (2013). Consumer acceptance of mobile marketing communications using the QR code. Journal of Direct, Data and Digital Marketing Practice, 15(2), 111-124.

Sargeant, A., Ford, J. B., & West, D. C. (2006). Perceptual determinants of nonprofit giving behavior. Journal of business research, 59(2), 155-165.

Smith, J. R., & McSweeney, A. (2007). Charitable giving: The effectiveness of a revised theory of planned behaviour model in predicting donating intentions and behaviour. Journal of Community & Applied Social Psychology, 17(5), 363-386.




DOI: https://doi.org/10.5585/remark.v20i4.19013

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Direitos autorais 2021 Revista Brasileira de Marketing

Revista Brasileira de Marketing – ReMark

Brazilian Journal of Marketing - BJM

e-ISSN: 2177-5184
https://periodicos.uninove.br/remark

Rev. Bras. Mark. - ReMark ©2021 Todos os direitos reservados.

Esta obra está licenciada com uma Licença 
Creative Commons Atribuição-NãoComercial-CompartilhaIgual 4.0 Internacional