Efeitos da intervenção multidisciplinar sobre a ingestão alimentar em adolescentes obesos

Maria Laura Siqueira de Souza Andrade, Humberto José Gomes da Silva, Mara Cristina Lofrano-Prado, Moacir de Novaes Lima Ferreira, Tatiana Acioli Lins, Roberta Burkhardt Costi, Wagner Luiz Prado

Resumo


Introdução: A ingestão alimentar constitui-se em uma das maiores barreiras para intervenções em adolescentes obesos. Objetivos: Analisar os efeitos da intervenção multidisciplinar sobre a ingestão alimentar de adolescentes obesos. Métodos: Este estudo caracteriza-se como pré-experimental e descritivo. A amostra foi composta por 33 adolescentes obesos, com idade entre 12 e 18 anos. Os adolescentes receberam intervenção nutricional, psicológica, clínica e física. Utilizou-se o registro alimentar de três dias e o valor energético total da dieta foi estimado por meio do software Nutwin (antes e após 12 semanas). Diferenças entre os momentos foram determinadas utilizando-se o teste “t” de Student para amostras dependentes. Resultados: A intervenção foi eficiente na redução da ingestão energética total (p=0,05), ingestão de lipídios (p=0,02), proteínas (p=0,01) e sódio (p=0,02). Conclusões: A intervenção multidisciplinar foi capaz de alterar os hábitos alimentares dos adolescentes, o que é essencial para a redução ponderal e manutenção da massa corporal.

Palavras-chave


Nutrientes; Obesidade; Sódio; Cálcio; Tratamento.

Texto completo:

PDF


DOI: https://doi.org/10.5585/conssaude.v11n2.3076

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Direitos autorais 2012 ConScientiae Saúde

Licença Creative Commons
Esta obra está licenciada sob uma licença Creative Commons Atribuição - Não comercial - Compartilhar igual 4.0 Internacional.

Conscientiae Saúde
ISSN: 1677-1028
e-ISSN: 1983-9324
www.conscientiaesaude.org.br

Conscientiae Saúde ©2020 Todos os direitos reservados.