Intervenção motora em escolares com indicativo de transtorno do desenvolvimento da coordenação – TDC

Eva Vilma Alves da Silva, Andressa Ribeiro Contreira, Erika Morgana Felix do Nascimento, Renata Capistrano, Thais Silva Beltrame

Resumo


Objetivo: Avaliar a aplicação de um programa de intervenção motora em escolares com indicativo de transtorno do desenvolvimento da coordenação. Métodos: Participaram 14 escolares com idades entre 10 e 11 anos, sendo divididos em grupo experimental e grupo controle. Para avaliar o desenvolvimento motor, foi utilizada a Bateria para Avaliação do Movimento de Crianças 2 (MABC-2). As intervenções ocorreram num período de 12 semanas, e as sessões foram realizadas três vezes por semana, com duração de 45 minutos. Para análise dos resultados, foi utilizado o teste não paramétrico Wilcoxon, o nível de significância adotado foi p<0,05. Resultados: Na comparação entre os grupos, foi evidenciada diferença significativa nos escores totais do MABC-2 com melhoras significativas para o grupo experimental. Conclusão: Verificou-se que houve melhorias significantes nas habilidades motoras dos escolares, após o programa, confirmando a hipótese de que a intervenções motoras melhoram o desenvolvimento motor de estudantes com TDC.

Palavras-chave


Crianças; Estudantes; Transtorno do desenvolvimento da coordenação.

Texto completo:

PDF


DOI: https://doi.org/10.5585/conssaude.v12n4.4356

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Direitos autorais 2013 ConScientiae Saúde

Licença Creative Commons
Esta obra está licenciada sob uma licença Creative Commons Atribuição - Não comercial - Compartilhar igual 4.0 Internacional.

Conscientiae Saúde
ISSN: 1677-1028
e-ISSN: 1983-9324
www.conscientiaesaude.org.br

Conscientiae Saúde ©2020 Todos os direitos reservados.