A tipologia nietzschiana

Vagner da Silva

Resumo


Este artigo é um dos resultados de pesquisa de mestrado, cuja dissertação teve por título “A grande política de Nietzsche, uma moral da irresponsabilidade”. A pesquisa analisou a relação entre moral e política no pensamento de Nietzsche, tendo como base três comentadores de seu pensamento: Ansell-Pearson, Walter Kaufmann e Müller-Lauter. Neste trabalho, concluímos que o pensamento político de Nietzsche só se realiza como projeto educacional; em razão disso, analisamos as propostas de sua educação no último capítulo da referida dissertação, intitulado “A Educação para a grande política”, no qual verificamos a importância dos tipos humanos e literários utilizados por Nietzsche para ilustrar suas idéias. Propomos, neste artigo, analisar a diversidade de tipologias criadas e utilizadas pelo pensador – os fortes e os fracos – e sua relação com a educação. Em seguida, mostrar-se-á o que caracteriza cada um e o modo como a vontade de poder e o ressentimento se manifestam em ambos.

Palavras-chave


Educação. Filosofia. Nietzsche. Tipologia.

Texto completo:

PDF


DOI: https://doi.org/10.5585/dialogia.v7i1.1436

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Direitos autorais



Dialogia

e-ISSN: 1983-9294
ISSN: 1677-1303
www.revistadialogia.org.br

Dialogia ©2022 Todos os direitos reservados.

Esta obra está licenciada com uma Licença 
Creative Commons Atribuição-NãoComercial-CompartilhaIgual 4.0 Internacional