Crianças indígenas “urbanas”: aproximações a uma historiografia na Amazônia

Roberto Sanches Mubarac Sobrinho

Resumo


A intencionalidade deste artigo é propor algumas aproximações, que poderão contribuir para a sedimentação de uma historiografia sobre as crianças indígenas na Amazônia. O campo de pesquisa sobre essas crianças é bastante atual, o que demanda a construção de bases teóricas e metodológicas específicas. Isso representa, para os pesquisadores da área, um desafio constante e, principalmente, uma busca pelo estabelecimento de um diálogo interdisciplinar com várias ciências, principalmente a História, a Antropologia, a Sociologia e a Educação, todas em suas subáreas que estudam as crianças e a infância e estão, gradativamente, possibilitando a construção desse caminho. Assim, nosso objetivo, além de contribuir para o debate, é trazer alguns indicadores que possam compor esse quadro de referência que está sendo composto tanto nacional quanto internacionalmente.

Palavras-chave


Crianças indígenas. Historiografia. Infâncias.

Texto completo:

PDF


DOI: https://doi.org/10.5585/eccos.v9i2.1092

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Direitos autorais



EccoS – Revista Científica

e-ISSN: 1983-9278
ISSN: 1517-1949
www.revistaeccos.org.br

EccoS – Revista Científica ©2020 Todos os direitos reservados.