Formação pedagógica de professores e avaliação da aprendizagem na universidade: contribuições da pesquisa-ação

Maria Iolanda Fontana

Resumo


Este trabalho tem por objetivo discutir a formação pedagógica na universidade, mediada pela pesquisa-ação, e suas repercussões na constituição de saberes sobre práticas avaliativas de concepção formativa. Problematiza-se a ausência de formação pedagógica para superar o tradicional empirismo que marca a prática docente na educação superior, em especial na dimensão da avaliação da aprendizagem. Defende-se a pesquisa-ação no processo formativo de professores da universidade, considerando seu potencial metodológico para a problematização e ação coletiva, consciente e criticamente comprometida com a melhora da prática pedagógica e da aprendizagem discente. Apresentam-se dados qualitativos da pesquisa-ação desenvolvida com docentes da Universidade Tuiuti do Paraná e os seus reflexos nas práticas de avaliação da aprendizagem. Este processo formativo repercutiu contribuições ao desenvolvimento profissional dos docentes, para refletirem e transformarem suas práticas avaliativas, reconhecendo seu papel formativo e democratizador, ou seja, subsidiou decisões teórico-metodológicas e investigativas sobre como avaliar para qualificar a prática docente e as aprendizagens dos estudantes.

 

 


Palavras-chave


Avaliação da aprendizagem. Formação pedagógica. Pedagogia universitária. Pesquisa-ação.

Texto completo:

PDF

Referências


BOLDARINE R. de F.; BARBOSA, R. L. L., ANNIBAL, S. F. Tendências da produção de conhecimento em avaliação das aprendizagens no Brasil (2010-2014). Estudos de Avaliação Educacional, São Paulo, v. 28, n. 67, p. 160-189, jan./abr. 2017.

CUNHA, M. I da. Docência na Educação Superior: a professoralidade em construção. Educação, Porto Alegre, v. 41, n. 1, p. 6-11, jan.-abr. 2018.

CUNHA, M. I. da. Inovações na educação superior: impactos na prática pedagógica e nos saberes da docência. Em Aberto, Brasília, v. 29, n. 97, p. 87-101, 2016.

DIONNE, H. A pesquisa-ação para o desenvolvimento local. Brasília: Liber livro, 2007.

FERNANDES, D. Para uma teoria da avaliação formativa. Revista Portuguesa de Educação, Braga, v. 19, n. 2, p. 21-50, 2006.

FRANCO, M. A. do R. S. Pedagogia e prática docente. São Paulo: Cortez, 2012.

FRANCO, M. A. do R. S. Didática: uma esperança para as dificuldades pedagógicas do ensino superior? In: REUNIÃO NACIONAL DA ANPED, 36., 2013, Goiânia. Anais... Goiânia-GO, 2013.

FONTANA, M. I.; MENDES, J. R.; PRESTES, I. C. P. Formação continuada dos professores da universidade: contribuições da pesquisa-ação para a inovação pedagógica. Revista Tuiuti: Ciência e Cultura, Curitiba, v. 56, n. 5, p. 27-47, 2018.

GARCIA, J. Avaliação e aprendizagem na educação superior. Estudos de Avaliação Educacional, São Paulo, v. 20, n. 43, p. 201-213, maio/ago. 2009.

IMBERNÓN. F. Formação do docente profissional: formar-se para a mudança e a incerteza. 4. ed. São Paulo: Cortez, 2004.

LUCKESI, C. C. Avaliação em educação: questões metodológicas e práticas. São Paulo: Cortez, 2018.

MARCELO, C. Desenvolvimento profissional docente: passado e futuro. Sísifo, Lisboa, v. 8, p. 7-22, 2009.

PIMENTA, S. G.; ANASTASIOU, L. das G. C. Docência no ensino superior. 2. ed. São Paulo: Cortez, 2005.

POLTRONIERI, H.; CALDERÓN, A. I. Avaliação da aprendizagem na educação superior: a produção científica da revista Estudos em Avaliação Educacional em questão. Avaliação, Campinas, v. 20, n. 2, p. 467-487, jul. 2020.

SILVA, N. L.; MENDES, O M. Avaliação formativa no ensino superior: avanços e contradições. Avaliação, Campinas; v. 22, n. 1, p. 271-297, mar. 2017.

THIOLLENT, M. Metodologia da pesquisa-ação. 8. ed. São Paulo: Cortez, 1998.

VEIGA, I. P. A. Docência como atividade profissional. In: VEIGA, I. P. A.; D’AVILA, C. M. (org.). Profissão docente: novos sentidos, novas perspectivas. Campinas: Papirus, 2008.

VEIGA, I. P. A. A docência na Educação Superior e as didáticas especiais: campos em construção. Educação, Santa Maria, v. 36, n. 3, p. 455-464, set./dez. 2011.

ZABALZA, M. A. O ensino universitário: seu cenário e seus protagonistas. Porto Alegre: Artmed, 2004.




DOI: https://doi.org/10.5585/eccos.n55.18873

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Direitos autorais 2020 EccoS – Revista Científica

Licença Creative Commons
Esta obra está licenciada sob uma licença Creative Commons Atribuição - Não comercial - Compartilhar igual 4.0 Internacional.

EccoS – Revista Científica

e-ISSN: 1983-9278
ISSN: 1517-1949
www.revistaeccos.org.br

EccoS – Revista Científica ©2021 Todos os direitos reservados.

Esta obra está licenciada com uma Licença 
Creative Commons Atribuição-NãoComercial-CompartilhaIgual 4.0 Internacional