A Unicamp como ator principal na Construção de um Parque Científico e Tecnológico

Lucas Baldoni

Abstract


Atualmente, verifica-se que a universidade possui destaque a partir de iniciativas para além da formação de recursos humanos e pesquisa acadêmica, mas também através da implantação de espaços voltados à inovação nas suas proximidades, por exemplo, os Parques Científicos e Tecnológicos, cujo objetivo é estreitar as relações universidade-empresa a partir de ambientes de cultura empreendedora. A Universidade Estadual de Campinas (UNICAMP) mostra-se capaz de assumir um papel estratégico na implantação do seu "Parque Científico e Tecnológico" por intermédio de sua Agência de Inovação. Assim, o objetivo deste artigo é o de contribuir para o melhor entendimento sobre como se manifesta a atual estratégia empreendedora da UNICAMP para consolidação do seu Parque Científico e Tecnológico, e, caracterizar o rebatimento deste fenômeno no espaço local conforme os estudos em Geografia da Inovação. A metodologia consistiu no levantamento bibliográfico e no acompanhamento das deliberações, leitura dos relatórios, documentos oficiais, projetos aprovados e perspectivas. Também, houve a aplicação de entrevistas, a identificação e mapeamento dos empreendimentos de alta tecnologia localizados no entorno do Parque Científico e Tecnológico da Unicamp.

Keywords


Geografia da Inovação; Universidade-Empresa; Parques Científicos e Tecnológicos



DOI: https://doi.org/10.5585/iji.v2i2.21

Refbacks

  • There are currently no refbacks.


Copyright (c) 2018 International Journal of Innovation

Creative Commons License
This work is licensed under a Creative Commons Attribution-NonCommercial-NoDerivatives 4.0 International License.

Internacional Journal of Innovation

e-ISSN: 2318-9975
journaliji.org

Int. J. Innov ©2020 – All rights reserved.