Um jogo como ferramenta para a inclusão e aprendizagem de alunos com necessidades educacionais especiais

Marlucy Campos de Almeida Reisinger de Souza, Adriana de Oliveira Henrique, Francisco Roberto Pinto Mattos, Christine Sertã Costa

Resumo


Este artigo apresenta um relato sobre o caráter agregador e cooperativo obtido com a utilização de recursos lúdicos na sala de aula o que os tornam ferramentas poderosas na construção do conhecimento e desenvolvimento da autonomia. Esses recursos requerem algumas adaptações para promover a inclusão de alunos com necessidades educacionais especiais. Com o intuito de privilegiar uma aprendizagem significativa de um tema do cotidiano, foi desenvolvido e aplicado um jogo que trabalha questões pertinente à educação financeira, com foco no Sistema Monetário brasileiro adaptado para crianças com necessidades especiais do primeiro segmento do ensino fundamental de duas escolas públicas do Rio de Janeiro. O presente artigo apresenta uma pequena motivação de teóricos sobre a importância da ludicidade na escola, um breve relato sobre a construção do jogo, as experimentações e adaptações nas duas escolas e finalmente reflexões oriundas dessas experiências. 


Palavras-chave


Recursos Didáticos Lúdicos. Jogo. Inclusão. Aprendizagem.

Texto completo:

PDF


DOI: https://doi.org/10.5585/dialogia.N24.5902

Direitos autorais



Dialogia

e-ISSN: 1983-9294
ISSN: 1677-1303
www.revistadialogia.org.br

Dialogia ©2021 Todos os direitos reservados.

Esta obra está licenciada com uma Licença 
Creative Commons Atribuição-NãoComercial-CompartilhaIgual 4.0 Internacional