O professor como leitor

Thiago Lauriti Thiago Lauriti

Resumo


O presente artigo busca discutir as possíveis relações existentes entre os indicadores decrescentes da competência leitora dos alunos e as dificuldades de leitura dos próprios professores. A hipótese central que se coloca para reflexão é em que medida o professor pode conseguir formar leitores competentes, se ele próprio talvez não se configura como tal. Na tentativa de refletir sobre os aspectos envolvidos nesse quadro, proceder-se-á a uma discussão sobre os tipos de leitores existentes segundo os referenciais teóricos de Santaella (2007), Silva (1994) e Orlandi (1988) com o objetivo de intensificar as habilidades necessárias para que um professor torne-se leitor e consiga alterar sua prática para conseguir formar alunos proficientes.

Texto completo:

PDF


DOI: https://doi.org/10.5585/dialogia.v9i2.2132

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Direitos autorais



Dialogia

e-ISSN: 1983-9294
ISSN: 1677-1303
www.revistadialogia.org.br

Dialogia ©2021 Todos os direitos reservados.

Esta obra está licenciada com uma Licença 
Creative Commons Atribuição-NãoComercial-CompartilhaIgual 4.0 Internacional