Ethos docente e formação continuada do professor de língua portuguesa

Maria Silvia Olivi Louzada

Resumo


A edição dos PCNs (1998) não foi suficiente para fazer mudar por dentro a escola: muito se tem veiculado nas mídias brasileiras sobre os resultados desastrosos dos alunos em testes de leitura e produção de textos, creditando-se parte substancial desse insucesso à qualificação insatisfatória dos professores. É objeto desta reflexão o trabalho realizado por um programa de formação continuada de professores em convênio com secretarias estaduais e municipais de educação pelo Brasil afora, desenvolvendo, para isso, uma metodologia própria e materiais subsidiários à formação. Os objetivos gerais direcionam-se para a interpretação e construção de sentido dos textos, valorizando-se o caráter social da linguagem, o papel da interação no desenvolvimento psicológico do indivíduo, a natureza ativa e progressiva do processo de aprendizagem.

Palavras-chave


ethos docente; formação continuada de professor; Língua Portuguesa

Texto completo:

PDF


DOI: https://doi.org/10.5585/dialogia.v9i2.2451

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Direitos autorais



Dialogia

e-ISSN: 1983-9294
ISSN: 1677-1303
www.revistadialogia.org.br

Dialogia ©2022 Todos os direitos reservados.

Esta obra está licenciada com uma Licença 
Creative Commons Atribuição-NãoComercial-CompartilhaIgual 4.0 Internacional