A construção da problemática da pesquisa em educação

Marinalva Lopes Ribeiro

Resumo


A problemática de uma pesquisa refere-se à seleção e ao ordenamento dos componentes relativos ao foco de determinada investigação. Todavia, essa construção tem sido tarefa desafiadora para estudantes da pós-graduação no momento de estruturarem o projeto de pesquisa. O estudo apresentado com base em pesquisa de delineamento bibliográfico teve por objetivo discutir, de maneira analítica, questões concernentes à formulação da problemática de uma pesquisa em educação. Concluímos que a construção da problemática implica a escolha do tema, a necessidade do uso de linguagem clara e adequada, a elaboração de uma questão geral e de uma questão específica de pesquisa, a delimitação dos objetivos e ou questões. Tal processo permite ao pesquisador iniciante desenvolver sua reflexão, autorreflexão, criação e senso crítico acerca dos conhecimentos produzidos em sua área de interesse, de modo a elucidar as questões da realidade que o inquietam. 


Palavras-chave


problemática de pesquisa; projeto de pesquisa; problema de pesquisa

Texto completo:

PDF

Referências


BANDA DE MÖEBIUS. Disponível em:

https://www.google.com/search?sxsrf=ALeKk03UAkOGw06284tCqBVkVUwW-QfQ2A Acesso em: 31dez. 2020.

BEILLEROT, J. La recherchee en ducation en France: résultats d’enquêtes sur les centres de recherches et les périodiques. Revue Suisse des sciences de l’éducation, nº 1, 22º Année, Fribourg, Suisse: 2000, p.145 – 163. Disponível em: https://nbnresolving.org/urn:nbn:de:0111-opus-36418

https://doi.org/10.25656/01:3641 Acesso em 11 abril. 2022

BLOOM, B. Taxionomia de objetivos educacionais. Porto Alegre: Globo, 1973.

BOUCHARD, Y. De la problematique au problème de recherche. In: KARSENTI, Thierry; SAVOIE-ZAJC, Lorraine. Introduction à la recherche en éducation. 2. ed. Sherbrooke/Canada: Éditions du CRP, 2000, p. 79-98.

CHARBONNEAU, C. Problématique et hypothèse d’une recherche. In: ROBERT, Michèle. Fondements et étapes de la recherches scientifique en psychologie. Paris: Maloine, 1988.

CHEVRIER, J. La specification de la problématique. In: GAUTHIER, Benoît (Dir.). De la problématique à la collecte des données. Québec: Presses de l’Université du Québec, 2000.

CORAZZA, S. M. Manual infame... mas útil, para escrever uma boa proposta de tese ou dissertação. In: BIANCHETTI, L.; MACHADO, A. M. N. (Orgs.). A bússola do escrever. Desafios e estratégias na orientação e escrita de teses e dissertações. 2 ed. Florianópolis: Editora da UFSC; São Paulo: Cortez, 2006.

COSTA, M. V. Uma agenda para jovens pesquisadores. In: COSTA, Marisa Vorraber (Org). Caminhos investigativos II. Outros modos de pensar e fazer pesquisa em educação. 2.ed. Rio de Janeiro: Lamparina, 2007.

CRESWELL, J. W. Projeto de pesquisa: métodos qualitativo, quantitativo e misto; tradução Magda Lopes. 3 ed., Porto Alegre: ARTMED, 2010.

FABRE, M. Qu’est-ce que problématiser? Gèneses de um paradigme. Recherches em éducation, nº 6, janvier, 2009. Disponível em https://doi.org/10.4000/ree.4093 Acesso em 11 abril, 2022

GATTI, B. A construção da pesquisa em educação no Brasil. Brasília: Líber Livro, 2007.

GATTI, B. A construção metodológica da pesquisa em educação: desafios. Revista Brasileira de Política e Administração da Educação, v. 28, n. 1, p. 13-34, jan./abr. 2012.

GHEDIN e FRANCO. Questões de método na construção da pesquisa em educação. São Paulo: Cortez, 2008.

GIL, A. C. Como elaborar projetos de pesquisa. 4 ed. São Paulo: Atlas, 2002.

MACE, G. Guide d’élaboration d’un projet de recherche. Laval: Les presses de l’Université Laval, 1988.

MACEDO, R. S., GALEFFI, D. e PIMENTEL, Á. Um rigor outro. Sobre a questão da qualidade na pesquisa qualitativa. Salvador, EDUFBA, 2009.

NASCIMENTO, I. P. O que busco em ti? Olhares, recortes, apreensões e cortes. In:

NASCIMENTO, I. P. (Org.) Escrituras imagens e sentidos. Saberes sobre o objeto de pesquisa em educação. Belém, Pará: Cromos, 2011.

OLIVEIRA, M. M. de. Como fazer pesquisa qualitativa. Petrópolis, RJ: Vozes, 2007.

RIBAS, E.; LIMA, V.; HARRES, J.; LAHM, R. Análise da construção de problemas de pesquisa e das considerações finais em teses da área de Ensino de Matemática”, Revista Pesquisa Qualitativa, v. 4, n. 6, p. i-ii, dez. 2016.

SANTOS, L. L. C. P. Dilemas e perspectivas na relação entre ensino e pesquisa. In: André, Marli (Org.). O papel da pesquisa na formação e na prática dos professores. Campinas, SP: Papirus, 9 ed. 2008.

SOUSA S., B. A crítica da razão indolente: contra o desperdício da experiência. Para um novo senso comum. 6. ed. São Paulo: Cortez, 2007.

VAN DER M., J. M. Méthodes de recherche pour l’éducation. Bruxelles: De Boeck Université, 2004.




DOI: https://doi.org/10.5585/42.2022.22330

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Direitos autorais 2022 Dialogia

Licença Creative Commons
Esta obra está licenciada sob uma licença Creative Commons Atribuição - Não comercial - Compartilhar igual 4.0 Internacional.

Dialogia

e-ISSN: 1983-9294
ISSN: 1677-1303
www.revistadialogia.org.br

Dialogia ©2022 Todos os direitos reservados.

Esta obra está licenciada com uma Licença 
Creative Commons Atribuição-NãoComercial-CompartilhaIgual 4.0 Internacional