Gênero e sexualidade no ambiente escolar: o papel docente e alguns apontamentos pedagógicos

Bruna Gabrielle Lopes, Marcielly Cristina Moresco

Resumo


O presente artigo, de caráter teórico, apresenta reflexões sobre o papel docente nas discussões de gênero e sexualidades no ambiente escolar, partindo da compreensão que, para se construir um espaço-tempo seguro para todas e todos as/os envolvidas/os no contexto escolar, é necessário que haja uma estruturação pedagógica que possibilite o desenvolvimento pleno de todas as subjetividades e experiências, não deixando espaços para as violências. Ainda, são oferecidos alguns apontamentos didático-metodológicos que possibilitem encaminhamentos iniciais e pedagógicos para o debate da temática na sala de aula. Em conclusão, defende-se que tanto a escola quanto a/o docente, ao adotar um posicionamento crítico diante das práticas LGBTfóbicas, contribui amplamente para uma trajetória escolar segura e saudável de todas/os as/os sujeitas/os envolvidas/os no espaço escolar.


Palavras-chave


gênero; sexualidades; educação escolar; docência

Texto completo:

PDF

Referências


ABRAMOVAY, Miriam; CUNHA, Anna Lúcia; CALAF, Priscila Pinto. Revelando tramas, descobrindo segredos: violência e convivência nas escolas. Brasília: Rede de Informação Tecnológica Latino Americana - RITLA, Secretaria de Estado de Educação do Distrito Federal - SEEDF, 2009.

ABGLT - ASSOCIAÇÃO BRASILEIRA DE LÉSBICAS, GAYS, BISSEXUAIS, TRAVESTIS E TRANSEXUAIS. Secretaria de Educação. Pesquisa Nacional sobre o Ambiente Educacional no Brasil 2015: as experiências de adolescentes e jovens lésbicas, gays, bissexuais, travestis e transexuais em nossos ambientes educacionais. Curitiba: ABGLT, 2016.

BARBOSA, Luciana Uchôa; VIÇOSA, Cátia S. C. L; FOLMER, Vanderlei. A educação sexual nos documentos das políticas de educação e suas ressignificações. Revista Eletrônica Acervo Saúde, v. 11, n. 10, p. 772, jul., 2019. https://doi.org/10.25248/reas.e772.2019.

BORGES, Bruna Angélica. “Aqui tem homofobia!”: um estudo das representações sociais de gênero e diversidade sexual no contexto escolar. 2018. 91 f. Dissertação (Mestrado em Psicologia) - Núcleo de Saúde, Universidade Federal de Rondônia, Porto Velho, 2018.

BRITZMAN, Deborah. O que é esta coisa chamada amor: identidade homossexual, educação e currículo. Educação & Realidade. v. 1. n. 1, fev. p. 71- 96, 1996.

BRITZMAN, Deborah. Curiosidade, sexualidade e currículo. In: LOURO, Guacira Lopes (Org.). O corpo educado: pedagogias da sexualidade. Belo Horizonte: Autêntica, 2000. p. 83-111.

BUTLER, Judith. Problemas de gênero: feminismo e subversão da identidade. Rio de Janeiro: Civilização Brasileira, 2016.

CAETANO, Marcio Rodrigo. Gênero e sexualidade: diálogos e conflitos. In: RANGEL, Mary (Org.). A escola diante da diversidade. Rio de Janeiro: Wak Editora, 2013, p. 35-68.

CASTAÑEDA, Marina. O machismo invisível. São Paulo: A Girafa Editora, 2006.

CECCARELLI, Paulo Roberto. Psicanálise, sexo e gênero: algumas reflexões. In: RIAL, Carmen Sílvia Moraes; PEDRO, Joana Maria; AREND, Silvia Maria Fávero. Diversidades: Dimensões de Gênero e sexualidade. 2010, p. 269-285.

CÉSAR, Maria Rita de Assis. Da escola disciplinar à pedagogia do controle. Tese (Doutorado em Educação) - Universidade Estadual de Campinas, FE/UNICAMP, Campinas, 2004.

LIONÇO, Tatiana; DINIZ, Debora. Homofobia e educação: um desafio ao silêncio. Brasília: LetrasLivres, 2009.

FERREIRA, Márcia Ondina Vieira; SANTOS, Luciano Pereira dos. Diversidade sexual e docência na produção do grupo de trabalho 23 da ANPEd (2004/2011). Revista de Educação PUC – Campinas, Campinas, v.19, n.3, p.195-204, set/ dez. 2014.

FOUCAULT, Michel. Em defesa da sociedade. São Paulo: Martins Fontes, 1999.

FOUCAULT, Michel. História da Sexualidade I: a vontade de saber. Rio de Janeiro: Edições Graal, 1988.

GALLO, Silvio Donizete. Acontecimento e resistência: educação menor no cotidiano da escola. In: CAMARGO, Ana Maria Facciolli; MARIGUELA, Márcio. (Orgs). Cotidiano Escolar: emergência e invenção. Piracicaba: Jacintha Editores, 2007.

FURLANI, Jimena. Encarar o desafio da Educação Sexual na escola. In: Paraná. Secretaria de Estado da Educação. Superintendência de Educação. Departamento da Diversidade. Núcleo de Gênero e Diversidade Sexual. Sexualidade. Curitiba: SEED – Pr., 2009.

JUNQUEIRA, Rogério Diniz. Diversidade sexual e homofobia: a escola tem tudo a ver com isso. In: XAVIER FILHA, Constantina (Org.). Educação para a sexualidade, para a equidade de gênero e para a diversidade sexual. Campo Grande: UFMS, 2009, p. 111-142.

JUNQUEIRA, Rogério Diniz. Pedagogia do armário: a normatividade em ação. Revista Retratos da Escola, Brasília, v. 7, n. 13, p. 481-498, jul./dez. 2013.

KRONBAUER, José Fernando Dresch; MENEGHEL, Stela Nazareth. Perfil da violência de gênero perpetrada por companheiro. Rev. Saúde Pública. 2005, vol.39, n.5, p. 695-701. https://doi.org/10.1590/S0034-89102005000500001.

LINS, Beatriz Accioly; MACHADO, Bernardo Fonseca; ESCOURA, Michele. Diferentes, não desiguais: a questão de gênero na escola. São Paulo: Reviravolta, 2016.

LOURO, Guacira Lopes. Gênero, sexualidade e educação: das afinidades políticas às tensões teórico-metodológicas. Educ. rev., Belo Horizonte, n. 46, p. 201-218, dez. 2007. https://doi.org/10.1590/S0102-46982007000200008.

LOURO, Guacira Lopes. Gênero, sexualidade e educação: uma perspectiva pós-estruturalista. Petrópolis, RJ: Vozes, 1997.

LOURO, Guacira Lopes (Org.). O corpo educado: pedagogias da sexualidade. Belo Horizonte: Autêntica, 2000.

MAIA, Ana Cláudia B.; RIBEIRO, Paulo Rennes M. Educação Sexual: princípios para a ação. Doxa Revista Paulista de Psicologia e Educação, v. 15, n. 1, p. 41-51, 2011.

MORAES, Silvia Piedade de. Práticas escolares: homofobia e resistências - a construção de um campo crítico de conhecimento. Revista Educação-UNG-Ser, v. 12, n. 1 ESP, p. 07-14, 2017.

MORESCO, Marcielly Cristina. Práticas discursivas cis-heterorregulatórias de corpos e desejos em banheiros públicos. Rev. Antares, v. 13, n. 30, p. 90-116, maio/ago. 2021. http://dx.doi.org/10.18226/19844921.v13.n30.04.

SANTOS, Dayana Brunetto Carlin dos. Docências trans*: entre a decência e a abjeção. Tese (Doutorado em Educação) – Universidade Federal do Paraná, Curitiba/PR, 2017.

SANTOS, Dayana Brunetto Carlin dos. A Educação Sexual na escola: algumas possibilidades didático-metodológicas. In: Paraná. Secretaria de Estado da Educação. Superintendência de Educação. Departamento da Diversidade. Núcleo de Gênero e Diversidade Sexual. Sexualidade. Curitiba: SEED – Pr., 2009.

SCOTT, Joan. Gênero: uma categoria útil de análise histórica. Educação & realidade, v. 20, n. 2, 1995.

SILVA, Tomaz Tadeu da. Documento de identidade: uma introdução às teorias do currículo. Belo Horizonte: Autêntica, 2001.

SOUZA, Elaine de Jesus; SILVA, Joilson Pereira da; SANTOS, Claudiene. Diversidade sexual na escola: uma análise das representações sociais de educadores/as. Revista Educação e Cultura Contemporânea, v. 11, n. 25, p. 389-422, 2014.

SOUZA, Elaine de Jesus; SILVA, Joilson Pereira da; SANTOS, Claudiene. Representações de docentes acerca da diversidade sexual e homofobia. Revista Estudos Feministas, Florianópolis, v. 25, n. 2, p. 519-544, 2017. https://doi.org/10.1590/1806-9584.2017v25n2p519.

UNESCO. La violencia de género relacionada con la escuela impide el logro de la educación de calidad para todos. Documento de política 17. 2015.

UNESCO. Violência de gênero em escolas impede milhões de alcançar potencial acadêmico. 2015. Disponível em: https://unicrio.org.br/unesco-violencia-de-genero-em-escolas-impede-milhoes-de-alcancar-potencial-acad/. Acesso em: 15 jun. 2022.

UNESCO. No mires hacia otro lado: no a la exclusión del alumnado LGBT+. Documento de política 45. 2021.

WITTIG, Monique. El cuerpo lesbiano. Valencia: Pre-textos, 1977.




DOI: https://doi.org/10.5585/41.2022.22473

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Direitos autorais 2022 Dialogia

Licença Creative Commons
Esta obra está licenciada sob uma licença Creative Commons Atribuição - Não comercial - Compartilhar igual 4.0 Internacional.

Dialogia

e-ISSN: 1983-9294
ISSN: 1677-1303
www.revistadialogia.org.br

Dialogia ©2022 Todos os direitos reservados.

Esta obra está licenciada com uma Licença 
Creative Commons Atribuição-NãoComercial-CompartilhaIgual 4.0 Internacional