Avaliação das Aprendizagens no Nível Superior: Avaliar Para Quê?

Eniel Espírito Santo, Luiz Carlos Sacramento da Luz Luz

Resumo


Em todas as modalidades de ensino, a avaliação das aprendizagens é amiúde um elemento crucial, seja pela incompreensão de seus objetivos, seja pelo sentido autoritário de que se reveste, ou ainda pelo forte caráter subjetivo intrínseco ao processo avaliativo. Neste artigo, tem-se por objetivo refletir sobre o processo de avaliação da aprendizagem no nível superior na perspectiva da retroalimentação da práxis educativa do professor universitário. A metodologia utilizada é um estudo exploratório descritivo, de natureza qualitativa, que utiliza a pesquisa bibliográfica como fonte de dados. O estudo conclui que o processo de avaliação das aprendizagens, como parte do ato pedagógico, deve contemplar ampla variedade de instrumentos, visando possibilitar ao docente investigar se as estratégias didáticas utilizadas resultaram no êxito do processo de ensino e aprendizagem, além de fornecer subsídios para a reavaliação de sua prática pedagógica.

Palavras-chave


Avaliação. Ensino e Aprendizagem. Ensino Superior. Retroalimentação

Texto completo:

PDF


DOI: https://doi.org/10.5585/dialogia.N16.3882

Direitos autorais



Dialogia

e-ISSN: 1983-9294
ISSN: 1677-1303
www.revistadialogia.org.br

Dialogia ©2021 Todos os direitos reservados.

Esta obra está licenciada com uma Licença 
Creative Commons Atribuição-NãoComercial-CompartilhaIgual 4.0 Internacional