O itinerário das violências singulares da obra ‘Sapato de Salto’ de Lygia Bojunga

José Nicolau Gregorin Filho, Thiago Lauriti

Resumo


Pretende-se, neste artigo, o mapeamento dos indícios da violência, utilizando como um caminho analítico possível o paradigma do indiciário proposto por Ginzburg (1989) que possibilita buscar no interior de um sistema de signos culturalmente condicionados, aqueles que apresentam a involuntariedade dos indícios com o objetivo de se chegar ao desvelamento de como as imagens figurativizadas da violência materializam-se pelos detalhes na construção das identidades de seus protagonistas, registrando pelas lentes da literatura infantil/juvenil.


Palavras-chave


Paradigma indiciário; Imagens figurativizadas da violência; Literatura Infantil/Juvenil.

Texto completo:

PDF


DOI: https://doi.org/10.5585/dialogia.N27.7608

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Direitos autorais



Dialogia

e-ISSN: 1983-9294
ISSN: 1677-1303
www.revistadialogia.org.br

Dialogia ©2022 Todos os direitos reservados.

Esta obra está licenciada com uma Licença 
Creative Commons Atribuição-NãoComercial-CompartilhaIgual 4.0 Internacional