Ensino religioso em escolas públicas: uma pesquisa etnográfica

Wiiliam Soares dos Santos

Resumo


Esta pesquisa tem como objetivos discutir 1) a problemática do ensino religioso em escolas públicas através de uma pesquisa realizada em um ambiente real de sala de aula de ensino religioso e, 2) de que forma a identidade religiosa dos alunos é trabalhada pelo professor no ambiente pesquisado (uma classe de ensino religioso de uma escola pública no Rio de Janeiro). O paradigma de pesquisa que conduz esta investigação é o de cunho interpretativista de caráter etnográfico e busca construir o significado através de investigação na sala de aula. A aula analisada neste trabalho foi registrada em áudio e transcrita horas depois. Esta pesquisa é, também, orientada pela Análise Crítica do Discurso (Fairclough, 1989, 1992) e pelas reflexões acerca do discurso e da linguagem como prática social, propostas por lingüistas e outros estudiosos da linguagem, tais como Mikhail Bakhtin ([1929] 1997), Sara Mills (1997). Os resultados indicam, entre outros aspectos, que, no modelo de aula pesquisado, não se contempla a multiplicidade de manifestações religiosas presentes na sociedade e, assim, os alunos têm acesso apenas a uma visão parcial do que seja religião, que pode entrar em choque com outras realidades religiosas que encontram fora da sala de aula.

Palavras-chave


Ensino religioso, discurso religioso, identidade social e interação.

Texto completo:

PDF


DOI: https://doi.org/10.5585/dialogia.v8i1.1624

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Direitos autorais



Dialogia

e-ISSN: 1983-9294
ISSN: 1677-1303
www.revistadialogia.org.br

Dialogia ©2021 Todos os direitos reservados.

Esta obra está licenciada com uma Licença 
Creative Commons Atribuição-NãoComercial-CompartilhaIgual 4.0 Internacional