Uma análise do contexto social, familiar e escolar em boku no hero (my hero academia): vai plus ultra!

Masaaki Alvez Funakura, Fabiula Campos Fagundes Fagundes, Gelson Vanderlei Weschenfelder

Resumo


O intuito deste artigo é realizar uma análise diante ao anime Boku no Hero Academia (My Hero Academia) e descrever o contexto social, familiar e escolar, com ênfase no protagonista Izuku Midoriya e na relação entre professor e aluno, buscando compreender e alinhavar temas pertinentes ao contexto (escola, família e professor) do indivíduo e suas nuances capazes de somar na obtenção de compreensão da tríade que vem sendo objeto de estudos de diversos pesquisadores na esfera educacional. Sendo assim, há como centralidade as seguintes problemáticas: quais os elementos da sociedade apresentada na narrativa movem o personagem para obter suas virtudes? Quais possíveis papéis a escola pode desempenhar para a potencialidade do aluno que não está “inserido” na sociedade? O núcleo familiar poderá ser uma forma distinta para uma educação e formação do indivíduo? Para atender os objetivos, a pesquisa ocorreu de modo a  conceituar como os autores estão  refletindo diante  os estudos referentes à cultura pop na educação, ou seja, é uma pesquisa qualitativa, em que tais documentos foram analisados por meio da Técnica de Análise de Conteúdo, proposta por Bardin (2011). Assim, obteve-se resultados satisfatórios ao permear assuntos extremamente pertinentes relacionados com a nossa vivência no âmbito escolar, destacando como o conjunto das entidades  social, familiar e escolar se torna essencial para o desenvolvimento e para a constituição da personalidade do ser humano, em que os valores presentes nessa sociedade ficcional impulsionam os indivíduos, resultando ganhos pedagógicos. Por fim, personagens que representam o educador do colégio ficcional em questão, que, a partir de suas didáticas, propiciam aos alunos um espaço agradável e aberto para a troca de experiências, estratégias para a elevação da auto-estima e desenvolvimento de parâmetros para ampliar pensamento crítico e reflexivo, aspectos essenciais para a efetivação da relação professor-aluno e a aprendizagem.


Palavras-chave


educação; mediação cultural; anime; escola; professor; aluno

Texto completo:

PDF

Referências


ACADEMIA. My Hero. Direção: Kenji Nagasaki. Produção: TOHO, Shueisha, Dentsu, Movic, MBS (1ª temp.) YTV e Sony Music Entertainment (5ª temp.)r. Local: Japão. Mídia: Funimation (VOD) 2016, Loading (TV), 2020.

BARDIN, Laurence. Análise de conteúdo. São Paulo: Edições 70, 2011, 229 p.

BRASIL. Lei no 9.394, de 20 de dezembro de 1996. Estabelece as diretrizes e bases da educação nacional. Diário Oficial da União, Brasília, 23 de dezembro de 1996. Disponível em: http://www.planalto.gov.br/ccivil_03/leis/L9394.htm. Acesso em: 23 mar. 2021.

BUENO, José Geraldo Silveira. Função social da escola e organização do trabalho pedagógico. Educ. rev., Curitiba , n. 17, p. 101-110, June 2001. Disponível em: https://revistas.ufpr.br/educar/article/view/2070. Acesso em: 25 fev. 2021.

COSTA, Laís Renó Stábile. Et al. O papel do professor na aprendizagem da criança: uma discussão a partir das compreensões de Vygotsky e Piaget. Revista Científica Multidisciplinar Núcleo do Conhecimento. Ano 04, Ed. 01, Vol. 07, pp. 18-26 Janeiro de 2019. ISSN: 2448-0959

CHARTIER, Roger. A história cultural: entre práticas e representações. 2. ed. Lisboa: DIFEL, 2002. 244 p. (Memória e sociedade).

DE SOUSA, A. P. A importância da parceria entre família e escola no desenvolvimento educacional. Revista Iberoamericana de Educación, v. 44, n. 7, p. 1-8, 10 ene. 2008

DELORS, J. Educação um tesouro a descobrir. Relatório para a Unesco da Comissão Internacional sobre a Educação para o Século XXI. 6. ed. Tradução José Carlos Eufrázio. São Paulo: Cortez, 2001.

FREIRE, Paulo. Pedagogia do oprimido. 17ª ed. Rio de Janeiro: Paz e Terra, 1987

FREIRE, Paulo. Pedagogia da autonomia. Saberes necessários à prática educativa. 19. ed. São Paulo: Paz e Terra, 1996.

FREIRE, Paulo. Educação e mudança. 30ª ed.; Rio de Janeiro: Paz e Terra, 2007.

GIL, Antonio Carlos. Métodos e técnicas de pesquisa social. 6. ed. São Paulo : Atlas, 2008. p.200 ISBN 978-85-224-5142-5

HORIKOSHI, Kohei. My Hero Academia. 2016. São Paulo: JBC, 2016, 200 p. v. 1°

LUCKESI, Cipriano Carlos. Avaliação da aprendizagem escolar. 21. ed. São Paulo: Cortez, 2010. 180 p. ISBN 9788524905506.

MORETTO, Vasco Pedro. Prova: um momento privilegiado de estudo, não um acerto de contas. 9. ed. Rio de Janeiro: Lamparina, 2010. 186 p. ISBN 9788598271699.

OLIVEIRA, Beatriz Lima De et al.. Uma discussão acerca do bullying na institução escolar: uma abordagem psicopedagógica. Anais V CONEDU... Campina Grande: Realize Editora, 2018. Disponível em: . Acesso em: 04/03/2021

PERRENOUD, Philippe. (2001a). Entre a Família e a Escola, a criança mensageira e mensagem. O Go-between. Em C. Montandon & P. Perrenoud (Ed.), Entre Pais e Professores, um diálogo impossível? Para uma Análise sociológica das interacções Entre a Família e a Escola (C. G. da Silva Traduções) (pp. 27-54). Oeiras: Celta.

PIAGET, Jean. (1987): O nascimento da inteligência. Rio de Janeiro: Ed. Guanabara, 2019.

SATO, Cristiane A. JAPOP: o poder da cultura pop japonesa. São Paulo: NSP, 2007.

VIGOTSKY, Lev Semenovich, 1896-1934. A formação social da mente: o desenvolvimento dos processos psicológicos superiores/ L.S. Vigotsky; organizadores Michel Cole... [et al.]; tradução: José Cipolla Neto, Luís Silveira Menna Barreto, Solange Castro Afeche. 7ª . Ed. - São Paulo: Martins fontes, 2007. (Psicologia e pedagogia).

VYGOTSKY, L. S. A formação social da mente: O desenvolvimento dos processos psicológicos superiores. Ed. São Paulo: Martins Fontes, 1998

VYGOTSKY, Liev Semionovich. Psicologia Pedagógica. ARTMED, Porto Alegre: 2003.

WESCHENFELDER, Gelson Vanderlei. Aspectos educativos das histórias em quadrinhos de super-heróis e sua importância na formação moral, na perspectiva da ética. 2011. Dissertação (Mestrado em Educação) Centro Universitário La Salle, Canoas, 2011.




DOI: https://doi.org/10.5585/39.2021.20022

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Direitos autorais 2021 Dialogia

Licença Creative Commons
Esta obra está licenciada sob uma licença Creative Commons Atribuição - Não comercial - Compartilhar igual 4.0 Internacional.

Dialogia

e-ISSN: 1983-9294
ISSN: 1677-1303
www.revistadialogia.org.br

Dialogia ©2021 Todos os direitos reservados.

Esta obra está licenciada com uma Licença 
Creative Commons Atribuição-NãoComercial-CompartilhaIgual 4.0 Internacional