As relações de poder, o discurso dialógico e o saber escutar no estágio curricular supervisionado

Autores

DOI:

https://doi.org/10.5585/48.2024.24326

Palavras-chave:

discurso; estágio curricular supervisionado; relatório de estágio

Resumo

Neste artigo, analisamos um relatório de estágio de uma estudante de licenciatura com o intuito de identificar o poder disciplinar, a dialogia e a importância de saber escutar no estágio curricular supervisionado. Utilizamos os estudos relacionados à análise de discurso de Mikhail Bakhtin (2004; 2011), relativo à concepção de dialogismo, e Michel Foucault (1999a; 1999b), no que diz respeito às relações institucionais de poder. Observamos que o relatório se apresenta como um relato descritivo dos momentos vivenciados no estágio e há pouca reflexão sobre o processo e sua importância na formação do futuro professor. O relatório se mostra mais como um discurso monológico, em que uma única voz engloba todas as outras vozes; há relatos em que as questões que envolvem o poder disciplinar se fazem presentes. Nossa análise enfatiza a necessidade de cultivar relatórios dialógicos, incentivando os futuros professores a desenvolver uma abordagem mais reflexiva.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Luciana Caixeta Barboza, Universidade Federal do Triângulo Mineiro – UFTM

Doutoranda em Educação

 

Marinalva Vieira Barbosa, Universidade Federal do Triângulo Mineiro – UFTM

Doutora em Linguística

 

Martha Maria Prata-Linhares, Universidade Federal do Triângulo Mineiro – UFTM

Doutora em Educação

 

Referências

ANDRADE, A. M. A. O Estágio Supervisionado e a Práxis Docente. In: SILVA, M. L. S. F. (org.). Estágio Curricular: Contribuições para o Redimensionamento de sua Prática. Natal: EdUFRN, 2005. p.21-26 Disponível em: https://arquivos.info.ufrn.br/arquivos/2013235250b0ee1407876b5fc70c6beee/Estgio.pdf. Acesso em: 8 ago. 2022.

AQUINO, J. G. (org.). Indisciplina na escola: alternativas teóricas e práticas. São Paulo: Summus, 1996.

BACCON, A. L. P.; ARRUDA, S. M. Os saberes docentes na formação inicial do professor de física: elaborando sentidos para o estágio supervisionado. Ciência & Educação, v.16, n.3, p.507-524, 2010. Disponível em: https://www.scielo.br/j/ciedu/a/NmSyVwkXjKdSvsQfDST9bGB/?format=pdf&lang=pt. Acesso em: 2 set. 2022.

BAKHTIN, M. Marxismo e filosofia da linguagem. Trad. Michel Lahud e Yara Frateschi Vieira. 11 ed. São Paulo, Hucitec. 2004.

BAKHTIN, M. Estética da criação verbal. Trad, Paulo Bezerra. 6 ed. São Paulo: Martins Fontes, 2011.

BAKHTIN, M. Problemas da poética de Dostoiévski. Trad. Paulo Bezerra. 5 ed. Rio de Janeiro: Forense Universitária, 2013.

BARBOSA, M. V. A escrita do diário de campo no Estágio Supervisionado: modos de (não) olhar a aula de língua portuguesa. In: COSTA, V. G. (org.) Teorizando a Prática e Praticando a Teoria na Formação de Professores. Campinas: Mercado de Letras, 2019.

BARBOSA, M. V. A escrita da aula e a formação do professor de língua portuguesa no estágio supervisionado. In: CAMPOS, S. F.; VIEIRA, J. A.; ARAÚJO, M. N. (orgs.) Escrita, Universidade e Produção do Conhecimento. São Carlos: Pedro & João Editores, 2023.

BARBOSA, M. V.; BARBOSA, J. B. Estágio supervisionado, práticas de escrita e dispositivos de formação. Ensayos Pedagógicos, Edición Especial, p.41-54, 2020. Disponível em: https://doi.org/10.15359/rep.esp-20-1.2. Acesso em: 14 dez. 2022.

BENDER, M. S. BERTICELLI, I. A. Os “corpos dóceis” e as instituições socioeducativas. Perspectiva, Florianópolis, v.38, n.3, p.1-13, jul./set. 2020. Disponível em: https://doi.org/10.5007/2175-795X.2020.e65470. Acesso em: 28 dez. 2022.

BORGES, J. L. Escola e disciplina: uma abordagem foucaultiana. Urutágua, n.5, 2004. Disponível em: http://www.urutagua.uem.br/005/05edu_borges.htm. Acesso em: 7 jul. 2022.

BRASIL. Resolução CNE/CP Nº 2, de 20 de dezembro de 2019. Define as Diretrizes Curriculares Nacionais para a Formação Inicial de Professores para a Educação Básica e institui a Base Nacional Comum para a Formação Inicial de Professores da Educação Básica (BNC-Formação). Brasília, DF: Ministério da Educação, 2019. Disponível em: http://portal.mec.gov.br/docman/dezembro-2019-pdf/135951-rcp002-19/file. Acesso em: 17 jan. 2023.

CAVALCANTE FILHO, U. TORGA, V. L. M. As contribuições do Círculo de Bakhtin para a compreensão do gênero discursivo Divulgação Científica. Litterata, v.2, n.1, p.9-41, jan./jun. 2012. Disponível em: https://periodicos.uesc.br/index.php/litterata/article/view/621. Acesso em: 20 dez. 2022.

COSSA, J. I. N. Importância do erro no processo de Ensino e Aprendizagem em sala de aula. Njinga & Sepé: Revista Internacional de Culturas, Línguas Africanas e Brasileiras. v.1, n.2, p.16-36, 2021. Disponível em: https://revistas.unilab.edu.br/index.php/njingaesape/article/view/792. Acesso em: 24 jan. 2023.

DAVIS, C.; LUNA, S. A questão da autoridade na educação. Cadernos de Pesquisa. n.76, p.65-70, 1991. Disponível em: http://publicacoes.fcc.org.br//index.php/cp/article/view/1056. Acesso em: 4 set. 2022.

FAIRCHILD, T. M. A escrita escuta? Análise polifônica de relatórios de estágio. Raído, v.12, n.27, p.267-291, jan./jun. 2017. Disponível em: https://doi.org/10.30612/raido.v11i27.6747. Acesso em: 26 nov. 2022.

FOUCAULT, M. A Ordem do discurso. Trad. Laura Fraga de Almeida Sampaio. 5 ed. São Paulo: Edições Loyola, 1999a.

FOUCAULT, M. Vigiar e punir: nascimento da prisão. Trad. Raquel Ramalhete. 20 ed. Petrópolis: Vozes, 1999b.

GOMES, A. R.; COLOMBO JUNIOR, P. D. A produção acadêmica sobre estágio curricular supervisionado e a formação inicial de professores: uma análise a partir de revistas Qualis A/ Educação/ CAPES. Triângulo, v.11, n.1, p.163-180, 2018. Disponível em: https://doi.org/10.18554/rt.v0i0.2704. Acesso em: 20 dez. 2022.

GUEDES, M. Q. Política de formação docente: as novas diretrizes e a base nacional comum instituídas. Sul-Sul - Revista de Ciências Humanas e Sociais, v.1, n.1, p.82-103, 2020. Disponível em: https://doi.org/10.53282/sulsul.v1i01.658. Acesso em: 12 abr. 2023.

GUIMARÃES, L. E.; LANZA, F. A relação professor/aluno a partir da prática de estágio obrigatório no ensino médio. Práxis Educacional, v.11, n.20, p.209-228, 2015. Disponível em: https://periodicos2.uesb.br/index.php/praxis/article/view/847. Acesso em: 26 jan. 2023.

KRASILCHIK, M. Prática de Ensino de Biologia. 4 ed. São Paulo: Editora da Universidade de São Paulo, 2004.

MAINGUENEAU, D. Novas tendências em análise de discurso. Trad. Solange Maria Ledda. 3 ed. Campinas: Pontes, 1997.

MARANDINO, M. A prática de ensino nas licenciaturas e a pesquisa em ensino de ciências: Questões atuais. Caderno Brasileiro de Ensino de Física, v.20, n.2, p.168-193, 2003. Disponível em: https://periodicos.ufsc.br/index.php/fisica/article/view/6544. Acesso em: 18 maio 2023.

MELO, J. S. D. Memórias de experiências no estágio supervisionado: indisciplina em sala de aula e ouso de gêneros textuais. Revista de Pesquisa Interdisciplinar, v. 2, edição especial II, p.459-470, 2017. Disponível em: http://dx.doi.org/10.24219/rpi.v2i2.0.325. Acesso em: 26 jan. 2023.

MORTIMER, E. F.; SCOTT, P. Atividade discursiva nas salas de aula de ciências: uma ferramenta sociocultural para analisar e planejar o ensino. Investigações em Ensino de Ciências. Porto Alegre, v.7, n.3, p.283-306, 2002. Disponível em: https://www.if.ufrgs.br/cref/ojs/index.php/ienci/article/view/562. Acesso em: 17 set. 2022.

NUNES, K. K. R. M. DAMASCENO, E. L.; AMORIM, G. S.; LIMA, A. B. A importância do estágio supervisionado na formação do pedagogo. In: CONGRESSO NACIONAL DE EDUCAÇÃO, 7, 2020, Maceió. Anais [...] Campina Grande: Realize Editora, 2020. Disponível em: https://editorarealize.com.br/index.php/artigo/visualizar/67705. Acesso em: 3 ago. 2022.

ROGOFF, B. Observando a atividade sociocultural em três planos: apropriação participatória, participação guiada e aprendizado. In: WERTSCH, J. V.; DEL RIO, P.; ALVAREZ, A. (org.). Estudos Socioculturais da Mente. Porto Alegre: ArtMed, 1998.

ROLDÃO, M. C. Formação de professores e construção do conhecimento profissional docente, currículo, didática e supervisão. In: MORGADO, J. C.; MENDES, G. M. L.; MOREIRA, A. F.; PACHECO, J. A. Currículo, internacionalização e cosmopolitismo: desafios contemporâneos em contextos Luso-Afro-Brasileiros. Santo Tirso, PT: De Facto Editores, 2015, v. II, p.155-167.

SILVA, A. L. Imaginário e estratégias didáticas: análise das atividades desenvolvidas por um licenciando em física durante o estágio curricular supervisionado. 2016. 195p. Dissertação (Mestrado em Educação para a Ciência) - Faculdade de Ciências, Universidade Estadual Paulista “Júlio de Mesquita Filho”, Bauru, 2016. Disponível em: http://hdl.handle.net/11449/138087. Acesso em: 3 out. 2022.

SILVA, A. L.; TEIXEIRA, O. P. B. Do poder disciplinar ao controle sobre os alunos: desenvolvimento das estratégias didáticas de uma licencianda durante o estágio supervisionado. In: ENCONTRO NACIONAL DE PESQUISA EM EDUCAÇÃO EM CIÊNCIAS, 10, 2015, Águas de Lindóia. Anais [...] Águas de Lindóia: ABRAPEC, 2015. Disponível em: http://www.abrapec.com/enpec/x-enpec/anais2015/resumos/R1771-1.PDF. Acesso em: 6 out. 2022.

SILVA, A. L.; TEIXEIRA, O. P. B. Estágio supervisionado & imaginário: A articulação da identidade, da autoria, das relações de poder e da alteridade na construção do diário de prática. Investigações em Ensino de Ciências, v.21, n.3, p.195-215, 2016. Disponível em: https://www.if.ufrgs.br/cref/ojs/index.php/ienci/article/view/155. Acesso em: 6 out. 2022.

SILVA, M. V. M.; PORTELA, E. L. Implicações do Estágio Supervisionado para a formação de professores de Biologia no contexto do ensino remoto. Revista Cocar, V.16, n.34, p.1-21, 2022. Disponível em: https://periodicos.uepa.br/index.php/cocar/article/view/5209. Acesso em: 8 ago. 2022.

SMOLKA, A. L. B.; GOES, M. C.; PINO, A. A Constituição do sujeito: uma questão recorrente? In: WERTSCH, J. V.; DEL RIO, P.; ALVAREZ, A. (org.). Estudos Socioculturais da Mente. Porto Alegre: ArtMed, 1998.

SOUZA, G. T. Introdução à teoria do enunciado concreto do círculo Bakhtin/ Volochinov/ Medvedev. 2 ed. São Paulo: Humanitas, 2002.

Downloads

Publicado

26.02.2024

Como Citar

BARBOZA, Luciana Caixeta; BARBOSA, Marinalva Vieira; PRATA-LINHARES, Martha Maria. As relações de poder, o discurso dialógico e o saber escutar no estágio curricular supervisionado. Dialogia, [S. l.], n. 48, p. e24326, 2024. DOI: 10.5585/48.2024.24326. Disponível em: https://periodicos.uninove.br/dialogia/article/view/24326. Acesso em: 14 jul. 2024.

Edição

Seção

Artigos