Internacionalização da educação superior e avaliação da qualidade da pós-graduação: riscos e perspectivas no Brasil e no Reino Unido

Mário Luiz Neves de Azevedo, João Ferreira de Oliveira

Resumo


Neste texto, analisamos o papel da CAPES na avaliação da pós-graduação (stricto sensu) e em sua política de internacionalização, considerando principalmente o Programa Institucional de Internacionalização (CAPES-PrInt), sem negligenciar elementos que indicam a existência de processo de mercadorização e transnacionalização da educação superior, com tendências de formação de um mercado global de educação superior. Para tanto, visando ilustrar essa discussão, trazemos alguns elementos desse processo no Brasil e no Reino Unido. Entendemos que há tensões e desafios que precisam ser considerados ao adotar a internacionalização como critério fundamental que distingue a qualidade e a excelência acadêmica na pós-graduação stricto sensu, podendo implicar na conformação de novos modelos de Pós-Graduação e na reestruturação do trabalho acadêmico.


Palavras-chave


Pós-graduação; Internacionalização da Educação Superior; Avaliação; CAPES; Educação Superior no Reino Unido

Texto completo:

PDF

Referências


ATTALI, J. Pour un modèle européen d'enseignement supérieur. Paris: Stock, 1998.

AZEVEDO, M. L. N. A internacionalização da Educação Superior em questão: mitos, enganos e verdades. Horizontes LatinoAmericanos - Revista de Humanidades e Ciências Sociais do Mercosul Educacional. v. 3, n. 1 (2014), pp. 99-110

AZEVEDO, M.L.N. Internacionalização da Educação. Entrevista concedida a João Marcos Veiga. Portal da ANPEd. Extraída de http://www.anped.org.br/news/entrevista-mario-azevedo-uem-internacionalizacao-da-educacao. Publicada em 27 Julho 2017. Acesso em 11 Julho 2019.

AZEVEDO, M.L.N. Transnacionalização e Mercadorização da Educação Superior: examinando alguns efeitos colaterais do capitalismo acadêmico (sem riscos) no brasil – a expansão privado-mercantil. Rev. Inter. Educ. Sup.[RIESup]. Campinas, SP v.1 n.1 p. 86-102 jul./set. 2015.

AZEVEDO, M.L.N. Processo de Bolonha. In: OLIVEIRA, D.A.; DUARTE, A.M.C.; VIEIRA, L.M.F. Dicionário: trabalho, profissão e condição docente. Belo Horizonte: UFMG/Faculdade de Educação, 2010. CDROM.

AZEVEDO, M.L.N. O modelo inglês de educação superior e o Processo de Bolonha; integração, internacionalização ou mercadorização do espaço europeu de educação superior. In: AZEVEDO, M.L.N. (org.). Políticas públicas e educação: debates contemporâneos. Maringá: Eduem, 2008.

BAUMAN, Zygmunt. Liquid Times: living in an Age of Uncertainty. Cambridge: Polity, 2009 (reprinted).

BECK, Ulrich. World Risk Society. Cambridge: Polity, 2009 (reprinted).

BRASIL. CAPES. Formação de Professores da Educação Básica. 27 Agosto 2018. Portal da CAPES. Extraído de https://www.Capes.gov.br/pt/educacao-basica. Acesso em 11 Jul 2019.

BRASIL. CAPES. Programa Institucional de Internacionalização – CAPES – PrInt. 07 Novembro 2017. Portal da CAPES. Extraído de https://www.Capes.gov.br/pt/cooperacao-internacional/multinacional/programa-institucional-de-internacionalizacao-Capes-print. Acesso em 11 Jul 2019.

BRASIL. CAPES. Proposta de Aprimoramento do Modelo de Avaliação da PG. Documento Final da Comissão Nacional de Acompanhamento do PNPG 2011-2020 – 10/10/2018. . Brasília: CAPES, 2018.

BRASIL. CAPES. PrInt: instituições selecionadas iniciam execução de projetos de internacionalização. InfoCAPES. Dez. 2018. Brasília: CAPES. Extraído de http://www.Capes.gov.br/infoCapes/002-dezembro-2018/

BRASIL. CAPES. Programa Institucional de Internacionalização – Capes-PrInt, Edital nº. 41/2017. Extraído de www.Capes.gov.br

BRASIL. CAPES. Formação de Professores da Educação Básica. Portal da CAPES. 27 Ago 2018. Extraído de https://www.Capes.gov.br/pt/educacao-basica. Acesso em 05 Jul 2019.

BRITISH COUNCIL. Universidades para o Mundo: desafios e oportunidades para a internacionalização 2018. São Paulo: British Council, 2018. Extraído de www.britishcouncil.org.br

BRITISH COUNCIL. Universidades para o Mundo: estratégias e avanços no caminho da internacionalização 2019. São Paulo: British Council, 2019. Extraído de www.britishcouncil.org.br

CARVALHO, C.H.A. O PROUNI no Governo Lula e o jogo político em torno do acesso ao ensino superior. Educação e Sociedade, Campinas, vol. 27, n. 96 - Especial, p. 979-1000, out. 2006.

CUNHA, Joana. Conglomerados do ensino superior avançam sobre a educação básica. Folha de S. Paulo. 17 Jun 2018. Extraído de https://www1.folha.uol.com.br/mercado/2018/06/conglomerados-do-ensino-superior-avancam-sobre-a-educacao-basica.shtml. Acesso em 12 Jul 2019

DEPARTMENT FOR EDUCATION. UK revenue from education related exports and transnational education activity in 2016. London: Department for Education - Higher Education Analysis, 2019.

EUROPEAN HIGHER EDUCATION AREA (EHEA). Ministerial Declarations and Communiqués. Extraído de http://ehea.info/index.php. Acesso em 31 Jul 2019

JORNAL da USP. 10 MITOS sobre a universidade pública no Brasil. Jornal da USP. 28 Jun 2019. Extraído de https://jornal.usp.br/universidade/10-mitos-sobre-a-universidade-publica-no-brasil/. Acesso em 11 Jul 2019

De WIT, Hans. Internationalisation of Higher Education: na introduction on the why, how and what. In: Wit, Hans de (editor). An Introduction to Higher Education Internationalisation. Milan, Italy: Centre for Higher Education Internationalisation (CHEI), Università Cattolica del Sacro Cuore, 2013.

EUROPEAN UNION. Erasmus+ Annual report 2017. European Commission. Bruxelas, 2018.

FERNANDES, Florestan. Democracia e desenvolvimento: a transformação da periferia e o capitalismo monopolista da era atual. São Paulo: Hucitec, 1972.

UNIVERSITIES UK INTERNATIONAL. International Facts and Figures 2019. London: Universities UK International, 2019.

KNIGHT, Jane. Five myths about internationalisation. International Higher Education. Boston College. Center for International Higher Education, issue 67, 23 fev 2011.

McMANUS, Connie. Entrevista. In: BRITISH COUNCIL. Universidades para o Mundo. São Paulo: British Council, 2019.

MEC-INEP. Censo da Educação Superior 2017. Brasília: MEC-INEP, 2018.

MIGRATION Advisory Committee. Impact of international students in the UK. London: Migration Advisory Committee, September 2018.

MONITOR MERCANTIL. Kroton e Estácio levam R$ 1,3 bi do Fies. 02 Ago 2018. Monitor Mercantil. Extraído de https://monitordigital.com.br/kroton-e-est-cio-levam-r-1-3-bi-do-fies. Acesso em 10 Jul 2019.

OLIVEIRA, João F.; LIMA, D. C. B. P. Pós-graduação e educação à distancia: novos fins, natureza e modus operandi em construção. In: CASTRO, Alda et. al. (orgs). Educação Superior em países e regiões de língua portuguesa: desafios em tempo de crise. 1ed. Lisboa: ED Educa, 2018, v. 1, p. 215-244.

O’MALLEY, Brendan. Education exports worth almost £20 billion to the UK. University World News. 01 February 2019. Retrieve from: https://www.universityworldnews.com/post.php?story=20190131121139224. Acesso em 16 de ago de 2019.

SHATTOCK, Michael. United Kingdom. In: Forest, James J.F.; Altbach, Philip G. (orgs.). International Handbook of Higher Education: Part One: Global Themes and Contemporary Challenges. Part Two: Regions and Countries. Dordrecht (Netherlands): Springer, 2006

SILVEIRA, Daniel. Em meio à crise, mercado de educação é o que mais cresce em número de empresas no Brasil, diz IBGE. Portal G1. 16 Jun 2019. Extraído de https://g1.globo.com/economia/noticia/2019/06/26/em-meio-a-crise-mercado-de-educacao-e-o-que-mais-cresce-em-numero-de-empresas-no-brasil-diz-ibge.ghtml. Acesso em 17 Jul 2019.

SLAUGHTER, Sheila; LESLIE, Larry L. Academic Capitalism: Politics, Policies, and the Entrepreneurial University. Baltimore: Johns Hopkins University Press, 1997

UNIVERSITIES UK. Patterns and Trends in UK Higher Education 2017. London: UniversitiesUK, 2017. Extraído de www.universitiesuk.ac.uk. Acesso em 16 de ago de 2019.




DOI: https://doi.org/10.5585/eccos.n51.15166

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Direitos autorais 2019 EccoS – Revista Científica

Licença Creative Commons
Esta obra está licenciada sob uma licença Creative Commons Atribuição - Não comercial - Compartilhar igual 4.0 Internacional.

EccoS – Revista Científica 

ISSN da versão online: 1983-9278
ISSN da versão impressa: 1517-1949
www.revistaeccos.org.br