Relação família-escola: o estado da arte na pós-graduação brasileira

Andreza Maria Lima, Laêda Bezerra Machado

Resumo


A temática da relação família-escola vem ocupando maior espaço na produção científica no Brasil. Neste artigo, analisamos resumos de teses e dissertações brasileiras sobre essa relação produzidas no período 2004-2013 e reconstituímos a história dessa relação com autores como Cunha (2003) e Faria Filho (2000). O estudo, qualitativo, é do tipo Estado da Arte. Foram consultados os bancos de dados do Grupo Observatório Sociológico Família-Escola da Universidade Federal de Minas Gerais; do Programa de Pós-Graduação em Família e Sociedade Contemporânea da Universidade Católica de Salvador; e de teses e dissertações da Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior. Os resumos localizados (112) foram mapeados em relação a objetivos, referenciais teóricos, opções metodológicas e resultados. Para análise, utilizamos a Técnica de Análise de Conteúdo Categorial Temática, resultando na construção de três categorias: Relação família-escola e estratégias educativas familiares; Relação família-escola e fenômenos socio-escolares e Relação família-escola: fenômenos e/ou aspectos dessa relação. Em relação aos referenciais teóricos, menos da metade dos resumos os menciona; quanto a percurso metodológico e resultados das pesquisas, muitas informações também estavam ausentes; em relação resultados, algumas pesquisas indicam certa resistência de professores a configurações familiares diferentes da tradicional e para a influência dessa resistência na relação com a família e/ou o trabalho docente, e outras desconstroem a ideia generalizada de que as famílias de alunos de escola pública são desestruturadas. Apontamos para a necessidade de outras pesquisas sobre a temática, pois há ainda vários aspectos a aprofundar, e para a importância de os resumos serem mais completos.


Palavras-chave


Família. Escola. Pesquisas. Pós-Graduação.

Texto completo:

PDF


DOI: https://doi.org/10.5585/eccos.n46.7624

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Direitos autorais 2018



EccoS – Revista Científica

e-ISSN: 1983-9278
ISSN: 1517-1949
www.revistaeccos.org.br

EccoS – Revista Científica ©2020 Todos os direitos reservados.