Eficiência Hospitalar das Regiões Brasileiras: Um Estudo por Meio da Análise Envoltória de Dados

Beatriz Negrelli da Silva, Maria Angélica Silva Costa, Katia Abbas, Edwin Vladimir Cardoza Galdamez

Resumo


O objetivo deste estudo é analisar a eficiência técnica hospitalar das regiões do Brasil, nos anos de 2014 e 2015, visto a importância dessas organizações para o meio social e econômico. Para tanto, por meio de uma pesquisa descritiva, exploratória, documental e quantitativa, foi utilizada a Análise Envoltória de Dados (DEA), modelo CCR, orientada para output, utilizando-se o número de leitos e de médicos e enfermeiros como input e para output o número de pacientes internados e número de óbitos hospitalares. Além disso, buscou-se verificar a relação entre a eficiência técnica hospitalar com as despesas empenhadas com assistência hospitalar, por meio de uma correlação. Os achados apontaram que a região Norte teve a média mais ineficiente comparada com as demais, sendo que nenhum estado da região alcançou score 1 nos anos analisados. Já as regiões consideradas mais eficientes em relação às demais foram a Sul e em segundo lugar a Sudeste, em ambos os anos, 2014 e 2015. Ademais, denota-se que, dentre os estados eficientes, apenas dois foram eficientes nos dois anos analisados, Rio de Janeiro e Rio Grande do Sul. E, quanto à correlação, concluiu-se que não há uma relação estatisticamente significativa entre as despesas empenhadas e a eficiência técnica hospitalar.

Palavras-chave


Eficiência hospitalar; Análise envoltória de dados (DEA); Regiões brasileiras

Texto completo:

PDF


DOI: https://doi.org/10.5585/rgss.v6i1.314

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Direitos autorais 2019 Revista de Gestão em Sistemas de Saúde – RGSS

Licença Creative Commons
Esta obra está licenciada sob uma licença Creative Commons Atribuição - Não comercial - Sem derivações 4.0 Internacional.

 

Revista de Gestão em Sistemas de Saúde (RGSS)
e-ISSN: 2316-3712
www.revistargss.org.br

Licença Creative Commons
Este obra está licenciado com uma Licença 
Creative Commons Atribuição-NãoComercial-CompartilhaIgual 4.0 Internacional.