Paulo Freire na base de dados Scopus: estudo bibliométrico (1972-2022)

Vanusa Nascimento Sabino Neves, Charliton José dos Santos Machado

Resumo


Objetivou-se analisar a produção científica acerca de Paulo Freire disseminada por intermédio da base de dados Scopus. Trata-se de um estudo bibliométrico que analisou 1.051 artigos indexados na Scopus no interregno de 1972 a 22 de julho de 2022. No processamento e análise dos dados, utilizaram-se os programas VOSviewer e Excel. Os resultados agregaram produtividade, visibilidade e relação concernente à produção sobre Paulo Freire. O artigo mais antigo foi publicado em 1972, com aumento da produção a partir de 1990-1991, sendo mais expressiva nos anos mais recentes. O Brasil é o país mais produtivo (353 artigos e 905 citações), mas os Estados Unidos possuem o maior número de citações (278 artigos e 5.669 citações). Conclui-se que a trajetória intelectual de Paulo Freire engradece a História da Educação brasileira e dela emanam múltiplos construtos, que permanecem em plena vigência e são essenciais para refletir e praticar a educação humanizadora.


Palavras-chave


estudo bibliométrico; História da Educação; Paulo Freire; produção científica internacional; trajetória intelectual

Texto completo:

PDF

Referências


BENINCÁ, D.; CAMPOS. F. S. Extensão popular: uma proposta transformadora para a educação superior. Dialogia, São Paulo, n. 27, p. 145-156, 2017. DOI: https://doi.org/10.5585/dialogia.n27.7247. Disponível em: https://periodicos.uninove.br/dialogia/article/view/7247. Acesso em: 24 ago. 2022.

BRANDÃO, C. R. Paulo Freire: educar para transformar. São Paulo: Mercado Cultural, 2005.

BRASIL. Lei nº 12.612, de 13 de abril de 2012. Declara o educador Paulo Freire Patrono da Educação Brasileira. Diário Oficial [da] República Federativa do Brasil, Poder Executivo, Brasília, DF, 16 abr. 2012.

CECCOM, C.; PAIVA, M. Paulo Freire, no exílio, ficou mais brasileiro ainda. Entrevista a Claudius Ceccom e Miguel Paiva. In: INSTITUTO PAULO FREIRE; COMISSÃO DE ANISTIA (org.). Paulo Freire: anistiado político brasileiro. São Paulo: Instituto Paulo Freire; Brasília, DF: Ministério da Justiça, 2012. p. 72-95.

DAL MAGRO, R.; POZZEBON, M.; SCHUTEL, S. Enriching the intersection of service and transformative learning with Freirean ideas: The case of a critical experiential learning programme in Brazil. Management Learning, [S.l.], v. 51, n. 5, p. 579-597, 2020. DOI: https://doi.org/10.1177/1350507620908607. Disponível em: https://journals.sagepub.com/doi/10.1177/1350507620908607. Acesso em: 26 ago. 2022.

ELSEVIER. Scopus: Content Policy and Selection. Disponível em: https://www.elsevier.com/solutions/scopus/how-scopus-works/content/content-policy-and-selection. Acesso em: 23 jul. 2022.

FERRARI, D. G. Paulo Freire em três projetos de lei. Revista Latinoamericana de Estudios del Discurso, Brasília, DF, v. 21, n. 2, p. 49-66, 2021. DOI: https://doi.org/10.35956/v.21.n2.2021. Disponível em: https://www.periodicos.unb.br/index.php/raled/article/view/36177. Acesso em: 26 jul. 2022.

FOLEY, G. Revisiting Freire. Australian Journal of Adult Learning, [S.l.], v. 61, n. 3, p. 376-397, 2021. Disponível em: https://search.informit.org/doi/abs/10.3316/informit.274234403414505. Acesso em: 27 jul. 2022.

FREIRE, P. Pedagogia do oprimido. 17. ed. Rio de Janeiro: Paz e Terra, 1987.

GADOTTI, M.; ABRÃO, P. Apresentação. In: INSTITUTO PAULO FREIRE; COMISSÃO DE ANISTIA (org.). Paulo Freire: anistiado político brasileiro. São Paulo: Instituto Paulo Freire; Brasília, DF: Ministério da Justiça, 2012. Apresentação.

KIDD, R.; BYRAM, M. Demystifying pseudo Freirian non formal education: A case description and analysis of Laedza Batanani. Canadian Journal of Development Studies, [S.l.], v. 3, n. 2, p. 271-289, 1982. DOI: https://doi.org/10.1080/02255189.1982.9670035. Disponível em: https://www.tandfonline.com/doi/abs/10.1080/02255189.1982.9670035. Acesso em: 26 ago. 2022.

LLOYD, A. S. Freire, conscientization, and adult education. Adult Education, [S.l.], v. 23, n. 1, p. 3-20, 1972. DOI: https://doi.org/10.1177/074171367202300101. Disponível em: https://journals.sagepub.com/doi/10.1177/074171367202300101. Acesso em: 26 ago. 2022.

MISIASZEK, G. W. Ecopedagogical literacy of a pandemic: Teaching to critically read the politics of Covid-19 with environmental issues. The Journal of Environmental Education, [S.l.], v. 52, n. 5, p. 358-369, 2021. DOI: https://doi.org/10.1080/00958964.2021.1981206. Disponível em: https://eric.ed.gov/?id=EJ1317372. Acesso em: 24 ago. 2022.

MURACA, M. Colonialism and decolonization in the writings of Paulo Freire. Encyclopaideia, [S.l.], v. 25, n. 61, p. 81-96, 2021. DOI: https://doi.org/10.6092/issn.1825-8670/13455. Disponível em: https://encp.unibo.it/article/view/13455. Acesso em: 26 jul. 2022.

NEVES, V. N. S. et al. Quatro pilares da educação para o século XXI na formação permanente do profissional da Saúde. Revista de Enfermagem UFPE, Recife, p. 3524-3530, 2016. DOI: https://doi.org/10.5205/1981-8963-v10i4a11126p3524-3530-2016. Disponível em: https://periodicos.ufpe.br/revistas/revistaenfermagem/article/view/11126. Acesso em: 24 ago. 2022.

PALLUDETO, A. W. A.; FELIPINI, A. R. Panorama da literatura sobre a financeirização (1992-2017): uma abordagem bibliométrica. Economia e Sociedade, Campinas, v. 28, n. 2, p. 313-337, 2019. Disponível em: https://periodicos.sbu.unicamp.br/ojs/index.php/ecos/article/view/8656961. Acesso em: 23 jul. 2022.

PAZ, A. M. A.; SILVA, M. F. G. O enriquecimento do vocabulário dos estudantes por meio da música em contos de fada no âmbito das práticas pedagógicas dos professores da educação básica. Dialogia, São Paulo, n. 36, p. 428-440, 2020. DOI: https://doi.org/10.5585/dialogia.n36.16791. Disponível em: https://periodicos.uninove.br/dialogia/article/view/16791. Acesso em: 24 jul. 2022.

PFEIL, F. M. C.; ZAMORA, M. H. R. N. Psicologia escolar e persistências do colonialismo no cotidiano educacional. Psicologia Escolar e Educacional, v. 25, e221972, 2021. DOI: https://doi.org/10.1590/2175-35392021221972. Disponível em: https://www.scielo.br/j/pee/a/38dYwBNGcLLzftRQd9s5PrS/. Acesso em: 24 ago. 2022.

PINELLI, L. V.; ALBUQUERQUE, M. S. L. Interfaces entre os princípios pedagógicos da Política Nacional de Educação Permanente do SUAS e as ideias de Paulo Freire. Dialogia, São Paulo, n. 34, p. 22-33, 2020. DOI: https://doi.org/10.5585/Dialogia.N34.16651. Disponível em: https://periodicos.uninove.br/dialogia/article/view/16651. Acesso em: 25 jul. 2022.

RIBEIRO, M. A. P.; MACHADO, C. J. S. Paulo Freire e a história da luta pela alfabetização de adultos no Brasil. In: RIBEIRO, L. T. F. et al. (org.). Perspectivas sobre formação docente. Fortaleza: UECE, 2022. p. 108-130.

ROSSETTO, M. et al. Flowers and thorns in pregnancy: experiences during the COVID-19 pandemic. Revista Gaúcha de Enfermagem, Porto Alegre, v. 42, e20200468, 2021. DOI: https://doi.org/10.1590/1983-1447.2021.20200468. Disponível em: https://www.scielo.br/j/rgenf/a/ZbrT6M4fgdwrBQzFdJBHydy/abstract/?lang=en. Acesso em: 29 jul. 2022.

SANTOS, G. C. Submissão à base de dados Scopus: realizando um checklist com o formulário de pré-avaliação. Boletim Técnico do PPEC, Campinas, v. 6, p. e021012, 2021. Disponível em: https://econtents.bc.unicamp.br/boletins/index.php/ppec/article/view/9435. Acesso em: 29 jul. 2022.

SANTOS, W. L. P. Scientific literacy: A Freirean perspective as a radical view of humanistic science education. Science Education, [S.l.], v. 93, n. 2, p. 361-382, 2009. DOI: https://doi.org/10.1002/sce.20301. Disponível em: https://onlinelibrary.wiley.com/doi/10.1002/sce.20301. Acesso em: 26 ago. 2022.

SATYRO, D. Affectivity and agency in English teaching for Youth and Adult Education. Revista Brasileira de Linguística Aplicada, Belo Horizonte, v. 22, n. 1, p. 94-124, 2022. DOI: https://doi.org/10.1590/1984-6398202218360. Disponível em: https://www.scielo.br/j/rbla/a/bGJqyfP4bg3LRZ5Lxj9gZ4N/abstract/?lang=en. Acesso em: 24 ago. 2022.

SERPA, L. G. et al. For an education in favor of praxis: action, education and culture. Research, Society and Development, [S.l.], v. 10, n. 1, e54210112104, 2021. DOI: https://doi.org/10.33448/rsd-v10i1.12104. Disponível em: https://rsdjournal.org/index.php/rsd/article/view/12104. Acesso em: 30 jun. 2022.

SEVALHO, G. A colonização do saber epidemiológico: uma leitura decolonial da contemporaneidade da pandemia de Covid-19. Ciência & Saúde Coletiva, Rio de Janeiro, v. 26, n. 11, p. 5629-5638, 2021. DOI: https://doi.org/10.1590/1413-812320212611.10442021. Disponível em: https://www.scielo.br/j/csc/a/wRb5ygRZSXX7RKxVRMmHSLp/?lang=pt. Acesso em: 24 ago. 2022.

SHAHRAM, Y. et al. The tea house series: Striving together to be antiracist. Journal Of General Internal Medicine, [S.l.], v. 37, n. 9, p. 2318-2322, 2022. DOI: https://doi.org/10.1007/s11606-022-07519-z. Disponível em: https://link.springer.com/article/10.1007/s11606-022-07519-z. Acesso em: 26 ago. 2022.

SILVA, A. Education for freedom: A look at the pedagogy of Freire. Prospects, [S.l.], v. 3, n. 1, p. 39-45, 1973. Disponível em: https://unesdoc.unesco.org/ark:/48223/pf0000004791_spa. Acesso em: 25 jul. 2022.

SILVA, M. R.; HAYASHI, C. R. M.; HAYASHI, M. C. P. I. Análise bibliométrica e cientométrica: desafios para especialistas que atuam no campo. InCID: Revista de Ciência da Informação e Documentação, São Paulo, v. 2, n. 1, p. 110-129, 2011. DOI: https://doi.org/10.11606/issn.2178-2075.v2i1p110-129. Disponível em: https://www.revistas.usp.br/incid/article/view/42337. Acesso em: 27 jul. 2022.

SOUZA, J. B. et al. Covid-19 vaccination campaign: dialogues with nurses working in Primary Health Care. Revista da Escola de Enfermagem da USP, São Paulo, v. 55, e20210193, 2021. DOI: https://doi.org/10.1590/1980-220X-REEUSP-2021-0193. Disponível em: https://www.scielo.br/j/reeusp/a/3zKLzKtWGChx7ZMGdJjNMgd/abstract/?lang=en. Acesso em: 26 ago. 2022.

VAN ECK, N. J.; WALTMAN, L. VOSviewer manual. Leiden: Univeristeit Leiden, Leiden, v. 1, n. 1, p. 1-53, 2022.

VERSOLATO, M. S.; ALVES, A. P. M.; IZIDORO, E. Ciência na prisão: educação não formal e a formação inicial docente no contexto prisional. Dialogia, São Paulo, n. 34, p. 122-138, 2020. DOI: https://doi.org/10.5585/Dialogia.N34.16659. Disponível em: https://periodicos.uninove.br/dialogia/article/view/16659. Acesso em: 24 ago. 2022.

WALLERSTEIN, N.; BERNSTEIN, E. Empowerment education: Freire's ideas adapted to health education. Health Education Quarterly, [S.l.], v. 15, n. 4, p. 379-394, 1988. DOI: https://doi.org/10.1177/109019818801500402. Disponível em: https://pubmed.ncbi.nlm.nih.gov/3230016/. Acesso em: 30 jun. 2022.

WANG, C.; BURRIS, M. A. Empowerment through photonovella: portraits of participation. Health Education Quarterly, [S.l.], v. 21, n. 2, p. 171-186, 1994. DOI: https://doi.org/10.1177/109019819402100204. Disponível em: https://pubmed.ncbi.nlm.nih.gov/8021146/. Acesso em: 30 jun. 2022.

WHITING, K. et al. Education for the sustainable global citizen: What can we learn from stoic philosophy and Freirean environmental pedagogies? Education Sciences, [S.l.], v. 8, n. 4, p. 204, 2018. DOI: https://doi.org/10.3390/educsci8040204. Disponível em: https://eric.ed.gov/?id=EJ1201386. Acesso em: 24 ago. 2022.

ZULU, I. Z. et al. Application of community dialogue approach to prevent adolescent pregnancy, early marriage and school dropout in Zambia: a case study. Reproductive Health, [S.l.], v. 19, n. 1, p. 1-9, 2022. DOI: https://doi.org/10.1186/s12978-022-01335-8. Disponível em: https://pubmed.ncbi.nlm.nih.gov/35101082/. Acesso em: 24 ago. 2022.




DOI: https://doi.org/10.5585/42.2022.22803

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Direitos autorais 2022 Dialogia

Licença Creative Commons
Esta obra está licenciada sob uma licença Creative Commons Atribuição - Não comercial - Compartilhar igual 4.0 Internacional.

Dialogia

e-ISSN: 1983-9294
ISSN: 1677-1303
www.revistadialogia.org.br

Dialogia ©2022 Todos os direitos reservados.

Esta obra está licenciada com uma Licença 
Creative Commons Atribuição-NãoComercial-CompartilhaIgual 4.0 Internacional