As contribuições do estágio supervisionado para a formação profissional

Givanildo da Silva, Alex Vieira da Silva, Inalda Maria dos Santos

Resumo


O objetivo do texto é apresentar reflexões sobre o estágio supervisionado na formação inicial e continuada dos estudantes de Pedagogia, tendo como referência o estágio em gestão escolar na Universidade Federal de Alagoas. A metodologia esteve pautada em uma abordagem qualitativa, por meio das pesquisas bibliográfica e documental, sendo esta última constituída pelas fichas de avaliação dos estudantes que realizaram o estágio supervisionado em gestão escolar. Como resultados, foi possível compreender o estágio como campo formativo para os estudantes, sendo composto de diferentes etapas e experiências. No caso da avaliação dos estudantes, ficou evidente que as propostas planejadas, atendendo às demandas da instituição, não foram vivenciadas devido à gestão escolar não estar de acordo, causando reflexões para os envolvidos.

 

 


Palavras-chave


Estágio supervisionado; Gestão escolar; Formação de professores; Escola pública

Texto completo:

PDF

Referências


ALARCÃO, I. Professores reflexivos em uma escola reflexiva. São Paulo: Cortez, 2008.

APPLE, M. Política Cultural e Educação. São Paulo: Cortez, 2001.

BARDIN, L. Análise de conteúdo. Lisboa: Edições 70, 2002. Trad. Luís Antero Reto e Augusto Pinheiro.

CARRANO, P. A escola pública diante do desafio de educar em relações de liberdade e convivência democrática. In: KRAWCZYK, N. (Org.). Escola Pública: tempo difíceis, mas não impossíveis. Campinas, SP: FE/UNICAMP; Uberlândia, MG: Navegando, 2018.

FARIAS, I. et. al. Didática e Docência: aprendendo a profissão. Brasília: Liber Livro, 2011.

FONSECA, J. J. S. Metodologia da Pesquisa Científica. Fortaleza: Universidade Estadual do Ceará, 2002.

LUNA, S. V. O falso conflito entre tendências metodológicas. In: FAZENDA, I. (Org.). Metodologia da pesquisa educacional. São Paulo: Cortez, 2000.

NÓVOA, A. O regresso dos professores. Conferência: Desenvolvimento profissional de professores para a qualidade e para a equidade da Aprendizagem ao longo da vida. Presidência Portuguesa do Conselho da União Européia. Lisboa, 27 e 28 de setembro de 2007.

PIMENTA, S. G. O protagonismo da Didática nos cursos de licenciaturas: didática como campo disciplinar. XVI ENDIPE - Encontro Nacional de Didática e Práticas de Ensino - UNICAMP - Campinas – 2012.

PIMENTA, S. G.; LIMA, M. Estágio e docência. São Paulo: Cortez, 2012.

SCHÖN, D. Formar professores como profissionais reflexivos. In: NÓVOA, A. Os professores e a sua formação. Lisboa: Dom Quixote, 2002.

SILVA, G. O Programa Dinheiro Direto na Escola (PDDE) como mecanismo da descentralização financeira, participação e autonomia na gestão escolar. Dissertação (Mestrado em Educação). Universidade Federal de Alagoas: Maceió, 2015. 136 p.




DOI: https://doi.org/10.5585/dialogia.n36.17009

Direitos autorais 2020 Dialogia

Licença Creative Commons
Esta obra está licenciada sob uma licença Creative Commons Atribuição - Não comercial - Compartilhar igual 4.0 Internacional.

Dialogia

e-ISSN: 1983-9294
ISSN: 1677-1303
www.revistadialogia.org.br

Dialogia ©2021 Todos os direitos reservados.

Esta obra está licenciada com uma Licença 
Creative Commons Atribuição-NãoComercial-CompartilhaIgual 4.0 Internacional